quarta-feira, abril 02, 2008

Feminino cofre...


Na mais alta prateleira
fechado
um livro claro
sem escada
que o respire.

Sim.

Na mais alta prateleira
uma luz escondida
na sombra
de outra luz.

Apetece...
um caminho até ela.

Na mais alta prateleira
a certeza:
livro é feminino
cofre
segredo
concha proibida.

Soubera alguém a palavra
chave
que
me encontrara
(ilha escondida).



http://www.vladstudio.com/


4 comentários:

Luis disse...

A este poema tão bonito só posso responder com outro poema que gosto muito, do Fernando Pessoa.

Para ser grande, sê inteiro
Nada teu exagera ou exclui
Sê todo em cada coisa
Põe quanto és no minimo que fazes
Assim em cada lago a lua toda brilha,
porque alta vive.
Ricardo Reis

3za disse...

Curioso... hoje numa aula com os pequeninos... falei nesta frase "Põe quanto és no mínimo que fazes" a propósito de algo e falámos um pouco sobre aimportância da entrega à tarefa (estavamos a ensaiar uma canção sobre animais e pedia-lhes empenho em cada frase cantada... :) Obrigada!

Anónimo disse...

É sempre bom passear por aqui...
Fica-se preso nesta teia de sentimentos, de saberes e de sonhos.
Filomena

3za disse...

:) Obrigada!
Beijinho