terça-feira, junho 30, 2009

Definição...

... de distância:
.

@ work...

Tese: últimas correcções... paginação do índice... outra vez revisão...

arTICular 2009: comunicação já no dia 4 (preparar apresentação).

Dia 2... estarei AQUI... ( programa detalhado) pelo menos uma parte do dia... que as tarefas são várias nos próximos tempos.

Tudo como sempre: afazeres aos montinhos :)

Outros tempos... (delicioso)

Roubadinho no twitter (obrigada pela dica, Carlos Santos!):

csantos LOL "It took me three days to figure out that there was another side to the tape."
http://bit.ly/Prgqu


BBC News Magazine

Scott Campbell with Walkman

Coisas assim... como direi?

Logo de manhã cedinho quando tomo o pulso ao momento:

Ui, Meninos E Meninas, O Benchmark É Que Está A Dar (Paulo Guinote)

ADD – Um enterro adiado (Miguel Pinto)


Notas de rodapé...

“[...] Esta publicação não substitui tal aconselhamento ou a prestação daqueles serviços profissionais, nem a mesma deve ser usada como base para actuar ou tomar decisões que possam afectar o vosso património ou negócio. Antes de tomarem qualquer decisão ou acção que possa afectar o vosso património ou negócio, devem consultar um profissional qualificado.”



Eram seis da manhã. Esfreguei os olhos pensando:
Ainda estarei perdida em algum pesadelo?

Não.
Estava infelizmente completamente acordada.

segunda-feira, junho 29, 2009

Scratch ED (MIT.edu)


O ScratchEd da Karen (MIT), de que falei há tempo, foi finalmente disponibilizado na Internet em:
http://scratched.media.mit.edu/

E, sim, continuo a acalentar o sonho de construção de um espaço deste tipo na nossa língua... logo que seja possível. Já temos um embrião no grupo Scratch do Interactic 2.0 que nos acolheu carinhosamente. Um dia seremos mais, quereremos mais e precisaremos de mudar de casa para um espaço dedicado.

EduScratch?

O futuro dirá...



(…) To better support the activities of these educators, I designed ScratchEd – a companion site for Scratch educators to share their stories, exchange resources, ask questions, and find other educators. This work started almost two years ago, by imagining possibilities for a separate space, creating initial drafts, playing with the design, sharing it with educators for feedback, reflecting on the strengths and weakness of the design, and iterating with new possibilities. (…)

Karen Brennan (http://scratched.media.mit.edu/stories/welcome-scratched)

Arthur Benjamin - "Matemagia"

Daqui:




até aqui:

http://www.ted.com/speakers/arthur_benjamin.html

e, depois, mais isto:





e, ainda, um
livro:


Secrets of Mental Math: The Mathemagician's Guide to Lightning Calculation and Amazing Math Tricks de Arthur Benjamin e Michael Shermer

Have fun!



domingo, junho 28, 2009

Domingo de chuva no jardim...






Contorcionismos e contorcionistas...

Tão a propósito...
Hoje isto, amanhã aquilo...

(Paulo Martinho - Madeira Viva)




Combatendo os montros :)


Tão a propósito.

(Mais uma escultura do mano Paulo - Madeira Viva)
Montagem fotográfica de EdMartinho

Are children getting dumber?

Via 'Umbigo

Leituras – The Prospect (Paulo Guinote)

Podem tentar apagar tudo...

... mas não conseguem

apagar o




www.vladstudio.com

Vlad's blog - matinal e saborosa surpresa

Comentei ontem a entrada no blogue do Vlad, a propósito das entrevistas, e voltei a dizer-lhe o quanto as imagens eram inspiradoras... referindo o Sabor de Palavra como prova...

Acordei hoje para isto... :)

(As redes são poderosas...)

Obrigada, Vlad, outra vez!

sábado, junho 27, 2009

Vlad Gerasimov - Vladstudio: imagens que me inspiram palavras

Hoje, no correio-e, a mensagem da newsletter Vladstudio não me conduziu a mais uma imagem, mas ao aviso de publicação na Internet de duas entrevistas com Vlad.
Segui o fio da primeira.

Pela primeira vez a cara que se esconde por detrás de cada desenho inspirador publicado no site Vladstudio. A pessoa e as suas palavras. Li com gosto.
Quando iniciei o Sabor de Palavra avisei-o... e deixei o link.
Expliquei-lhe que as imagens eram inspiradoras e pediam poesia... em português.

Escreveria sempre, eu sei. Está no sangue.
Mas se não existisse o Vlad, não existiriam aqueles poemas que povoam o universo do Sabor de Palavra e o meu desktop ficaria mais pobre...

Obrigada, Vlad Gerasimov!
.

Mimos...

Têm sido vários... E eu agradeço aos amigos e leitores que os colocam generosamente na minha teia. Hoje agradeço à Margarida Teixeira do Matemática na Cidadela a generosidade e carinho da atribuição do prémio Lemniscata...

Obrigada!

[Premio_Lemniscata.jpg]

sexta-feira, junho 26, 2009

Adormecer devagar...

Quando a noite não vai embora...

... sei fazer

um


www.vladstudio.com

Clube Scratch time - relatório concluído



Para além do necessário texto e gráficos (obtidos a partir do tratamento da informação produzida pelos 60 alunos num questionário sobre as actividades do Clube - com menções de Insuficiente e Suficiente concentradas nas questões sobre o equipamento e funcionamento da Internet... pois...), foi finalmente completado o vídeo (Animoto) que faz uma síntese da vida de um ano de Clube em imagens e algumas palavras...
Estava prometido, para os alunos poderem partilhar com as suas famílias através do blogue (onde também será colocado).

Foi uma experiência muito positiva, apesar dos problemas tecnológicos...
Um espaço de aprendizagem magnífico para professor e alunos.

Mais uma tarefa concluída...
(Ou, melhor, menos uma tarefa para cumprir...)


Milhões...

Às voltas com reuniões, revisões, planos, relatórios e outras ocupações... sobram poucos segundos. Mas há quem me obrigue a pausas e me faça uma inveja dos diabos...

Hummmmm
Podia ganhar dinheiro com isto...

... que tal apresentar uma proposta publicitária a ver se encaixo (percentagem agradável de) uns milhões?
(Já repararam que as palavras dezenas, centenas e milhares desapareceram dos noticiários das nossas televisões?...).




M... it fits anything!







--------------------------------------------------------
(Clóvis, não havia necessidade de acordar o Jasmim!)

quarta-feira, junho 24, 2009

Qualquer semelhança...

... entre a realidade das reuniões de Conselho de Turma e esta imagem, não é pura coincidência.

(Excepção feita à dimensão do nariz... o meu é meio grego, mas não abusemos...)

É assustador o crescendo, ano após ano, de burocracias e impressos.

Já pouco se fala das crianças (e era tão necessário)... As perguntas no ar: já preencheste o papel do plano de acompanhamento? Já assinaste e avaliaste o Plano de Recuperação? Já fizeste a proposta de Avaliação extraordinária porque o aluno reprovou uma vez no 1ºC e esta é uma retenção repetida? Já disseste aí no papel que se fizeram provas de recuperação e que ele tem excesso de faltas grave e se propõe a retenção? Já fizeste a proposta de tutoria? E de APA? Tudo isto para um único aluno, que reprova de três maneiras diferentes ao mesmo tempo... uma delas a carecer de ratificação no Conselho pedagógico... pasmemo-nos, pois.

(Estranhos tempos estes...)

terça-feira, junho 23, 2009

Juntos pela Teresa, ainda é preciso...

JUNTOS PELA TERESA - continuar a passar palavra

A Campanha JUNTOS PELA TERESA vai estar na SIC, no próximo dia 24 de Junho (Quarta-feira de manhã)
Para mais informações, consulte:

www.youtube.com/juntospelateresa
ou contacte: juntospelateresa@gmail.com

segunda-feira, junho 22, 2009

Tenho...

... sempre que quero

uma

Castelos de cartas...

Acompanho tudo... mas falta-me a energia para comentar.
Basta irem aos blogues da vossa preferência que felizmente ainda preservam essa energia e mantêm o combate aceso.
É lá que vou. Solidária. Sem espanto olhando todos os destroços emergindo e flutuando... porque sempre confiei no meu juízo. E lendo as notícias e comentários em catadupa dos últimos dias, percebo que se vai tornando finalmente visível a estrutura de baralho de cartas em que tudo assentou sob a capa de seriedade e exigência.
Em democracia, nada é inevitável... Disse-o muitas vezes a muita gente que insiste em suportar alguns dos seus gestos na terrível afirmação: "não serve de nada... eles vão fazer tudo como querem". Ainda temos sobre nós o véu do medo e da acomodação. A cegueira da obediência à voz do dono. Assim continuaremos muitos anos. Há quem se saiba aproveitar bem deste triste fado.
Pela Escola pondera-se agora o próximo passo (pelo menos entre os professores que assumiram a não entrega dos ois). Não comentar não significa estar parado. Não estou. Nunca estive.

Os factos começam a saltar à vista. Por que razão foi preciso esperar tanto tempo e fazer tantos estragos quando tantos avisaram tão cedo das consequências de tantas trapalhadas formalmente instituídas desde há alguns anos? Estaremos melhor agora?
Pergunta a que gente séria um dia responderá com dados reais, porque a história se constrói com factos e não com devaneios...

O cérebro, a bioquímica e as aprendizagens...


Um dos últimos livros em mãos, a propósito da tese mas não apenas, de Eric Jensen...

Simples, claro, interessante.
Regressarei a ele com mais cuidado nas férias...

(mais AQUI, no Terrear)

Fossem todas as coisas...


... tão simples como é cada




(Acordei muito cedo... exercício... música a acompanhar... apeteceu-me a guitarra... dar som a um poema, fazê-lo crescer... acho que está a nascer uma canção. Tinha saudade... sede...
E, agora, leve como uma leve pena, posso finalmente atacar trabalhinho daquele denso e pesado... :)
.

(sim, é o écran do computador reflectido na guitarra... aqui por estas bandas as tecnologias, a poesia e a música passaram a ser inseparáveis...)

domingo, junho 21, 2009

Vá para fora... cá dentro (escapadelas)

Praia do Moinho de Baixo - Meco
(tarde magnífica!)

Foto encontrada AQUI

Aproveitar o tempo...

Entre arrumações, libertação de espaço (papel para reciclar, roupa para dar), relatório do Clube, preparação de reuniões, regresso ao exercício regular e, claro, praia para tirar o pó da alma e fazer de conta, por uns minutos, que já não se conjuga na educação o "verbo absurdo" (podem ler por aí as novidades todas da estação quente, nos blogues que nunca dormem nem se distraem...), aproveita-se o tempo na acção e apetece interroper um bocadinho o fio das palavras.
Como se os dedos, cansados de teclado, pedissem outros objectos para tocar. Como se o cansaço acumulado precisasse de algum espaço de silêncio branco. Faço-lhes a vontade. Por um bocadinho. Quando me apetecer retomo o comando e não lhes ligo nenhuma. Reajustes de final de Primavera... Balanços de início de Verão... Aproveitar o tempo para repensar a vida que tecemos em correria desenfreada. Reflectir sobre mudança...

sexta-feira, junho 19, 2009

Distrair as despedidas...

Tentámos dizer até logo... mas nem sempre foi fácil.
Desta vez fingimos que não íamos embora, porque para alguns não é fácil ir.
Espantámos a saudade antecipada com cantigas, jogos, conversas, promessas.
E partimos. Com a certeza de que no próximo ano nos encontraremos, mas de forma muito diferente.
Os ciclos da vida.
Tempo de despedida também para os meus meninos agora no 9º ano que foram à escola fazer o exame de Português.
Cheguei a casa e saí logo.
PC grande a precisar de vistoria médica no leitor de DVDs... chegar à FNAC e ter Pedro Moutinho a cantar ao vivo no pequeno auditório. Para quem não sabe, irmão do Camané. Apresentando último trabalho: "Um copo de Sol"

Fado, claro, saudade... o destino mais certo do dia.

Amanhã, se o tempo estiver de feição, vou beber um copo de Sol à praia... talvez até um copo de mar. Retemperar energias para a semana de reuniões que se avizinha... afogar este não sei quê de nostalgia de fim de época, este tudo nada de saudade temperado com algumas lágrimas, beijinhos e abraços muito sentidos antes de sair da escola para regressar a ela e ao silêncio que a vai cobrir a partir de agora....

quinta-feira, junho 18, 2009

Sei-te de cor_ação...

Apeteceu-me adormecer em tons de asa, lua, luz azul...
(Sei de cor essa cor)

Scratch day: stories

O MIT criou um espaço novo no site do evento do Scratch day - Stories - e convidou todos os organizadores a partilhar momentos do dia vivido em cada país.


A nossa (simples, sobretudo com imagens e materiais, que o tempo não está de feição para muitos escritos) já lá está! Vejam aqui.


quarta-feira, junho 17, 2009

my ebook (Cinderela Encantada)

Via twitter (Tito de Morais) descobri há pouco duas coisas especiais:


um ebook doce doce... História: A Cinderela Encantada


Visitem...

terça-feira, junho 16, 2009

Preparando o arTICular 09 - Scratch


Claro que o trabalho não abrandou... apenas tomou novo rumo, podendo o tempo ser canalizado em maior proporção para as tarefas que se seguem.

... E o que se vai seguir?
(para além das avaliações dos alunos e tarefas inerentes ao encerrar do ano lectivo)

O arTICular 09 de que já falei há algum tempo.

Para os interessados no Scratch, teremos uma comunicação na parte da manhã e um Workshop na parte da tarde, que funcionará, de certa forma, como a parte dois da sementeira matinal.

Ainda vão a tempo de se inscrever! (AQUI)

Para quem tenha andado distraído, recordamos que no Interactic 2.0 (é necessário inscreverem-se primeiro na rede), criámos um grupo Scratch onde é possível partilhar reflexões, experiências e materiais. Um embrião a dar forma ao desejo de criar futuramente uma comunidade em língua portuguesa em torno da utilização educativa desta ferramenta...



No espaço criado para o Scratch day, estão concentrados alguns recursos que podem constituir um bom ponto de partida para quem queira avançar no conhecimento do Scratch:


Como, decerto, estarão frescos que nem alfaces neste final de ano lectivo onde não tivemos nada para fazer, por certo vão fazer-nos companhia ao Barreiro dia 4 de Julho! Contamos com a vossa companhia!

Ah! As inscrições no Workshop têm número limitado pelas razões habituais: equipamento disponível na sala e adequação da dimensão do público à natureza mais prática da sessão.

segunda-feira, junho 15, 2009

Aranha digital interactiva...

(Recebido por e-mail... Obrigada, Jorge!)
High tech... parece real...
.
(Cliquem na imagem para chegar ao destino... não se esqueçam de a alimentar carregando na tecla space - aparecem insectos - e de experimentar movê-la de várias formas com o rato... podem arrastá-la pelas patas que ela não se importa...)
.

MIT open courseware

1900 cursos...
O conhecimento à disposição de quem deseje ir mais longe.


http://ocw.mit.edu/OcwWeb/web/home/home/index.htm

domingo, junho 14, 2009

sábado, junho 13, 2009

Na praia... (Saudade!)

... sem culpa (entreguei à hora de almoço a versão final da tese para correcção e fugi logo de seguida para sentir o mar).
Meco, claro.
Saladinha de polvo a fechar o dia.
Tarde magnífica. Será o primeiro Verão em dois anos com férias mesmo férias onde o destino é simples, sossegado e está já traçado: intoxicação profunda de Meco, areia, mar, Sol e alguns petiscos pelo meio.

Leituras para completar ideias e ir já pensando na defesa.
(Agora, aguardar feedback, corrigir o que for necessário e entregar tudo!)
Leve, leve, leve... Sensação de dever cumprido.

Clube Scratch time a terminar...

A sessão de sexta (ontem à tarde) foi pouco concorrida, pois nela estão os alunos da turma que fizeram ponte aproveitando com as famílias os dois feriados de quarta e quinta.
Três dos que apareceram pediram para continuar a jogar o jogo de tabuleiro (em vez de irem para os computadores) e assim fizeram.

Mas é nesta sessão que estão os entusiastas e persistentes Claudiblue e o Joor do 5.º ano (que não são meus alunos). Com projectos complexos em mãos e apenas mais uma sessão para a semana que vem, para eles não houve ponte nem acalmias provocadas pela temperatura desconfortável da sala.
Mãos na massa, aceleração e, desta vez, atendimento quase personalizado... embora dividido por dois (com pena da Claudiblue que anseia por um dia em que eu consiga dedicar-lhe todo o tempo sem o distribuir por mais ninguém, sem esperas nem pausas... :)



Um prazer trabalhar com eles. Esqueço depressa o calor e, quando damos por nós, o tempo está a acabar, é preciso gravar, é preciso fugir (porque a seguir vou dar aulas até às 18:30... ontem particularmente penoso, já que o ambiente era irrespirável e muito acima dos 30 graus... exactamente as condições em que devem trabalhar todos aqueles que nos governam com suas iluminosas ideias...).


Queria ficar com recordação deles e destes momentos doces. Consegui.
Fotos e vídeo para ajudarem a memória, um dia, a regressar a estes tempos de descoberta em que fomos parceiros e crescemos, eu e eles, em cada um dos nossos caminhos, mesmo sem nos termos cruzado formalmente como professor e alunos numa qualquer disciplina. O acaso juntou-nos no Clube.

A Escola dos meus sonhos seria assim...

No projecto do Joor, que envolve ganho e perda de pontuação, foi interessantíssimo desenvolvermos ali num intantinho os rudimentos para lidar com números relativos e operações entre eles. O Joor detectou um erro que não conseguimos entender. Colocámos -1 como perda por choque com as peças do caminho mas, na realidade, o Scratch subtraía dois... Assim, nos testes, quando o Pac comia uma bola e ganhava 1 ponto, para logo de seguida chocar com uma peça penalizadora, o resultado dos pontos no écran passava -1. Comentário do Joor: não é possível! Devia ser zero!

Tão bom...

Ontem, numa das turmas, tive 11 alunos em vez de 24.
Os feriados convidaram à ponte e todos sabíamos que iria ser um dia a "meio gaz".
Vieram preparados:
professora, trouxemos jogos... podemos jogar?
A sala com uma temperatura infernal não convidava a mais.

Sim, podem...
Expressões de alegria e entusiasmo.
Tabuleiros montados.

Tão bom vê-los jogar jogos destes em grupo, sem máquinas por perto.
Desiludam-se os que me crêem "fanática" pelas tecnologias.
Eu sou fanática, sim, pelo uso equilibrado de tudo o que a vida nos oferece.
Há tempo para tudo, se desejarmos. Se os ajudarmos.
E crescemos melhor assim. Todos nós.