segunda-feira, junho 22, 2009

Tenho...

... sempre que quero

uma

7 comentários:

Luis Neves disse...

Bonito este teu poema, será este o que estás a musicar?
Tenho aqui um poema que saiu no Público de Domingo , é um inédito da Sophia , com um título muito bonito
"Inocência e possibilidade"
As imagens eram próximas
Como coladas sobre os olhos
O que nos dava um rosto justo e liso
Os gestos circulavam sem choque nem ruído
As estrelas eram maduras como frutos
E os homens eram bons sem dar por isso.
granja, Agosto 1943

IC disse...

:)

À margem do post: acabei de deixar no meu cantinho um pequeno comentário sobre o exame de Mat do 9º ano.
Beijinhos

3za disse...

:) Não...
Estou a musicar o mais abaixo... :)
Obrigada pela partilha.

IC, vou ler!
Beijinhos

rabina disse...

Sugere a elevação para além do horizonte do firmamento.

3za disse...

:) ... o sonho comanda a vida...

Teresa Lobato disse...

É bom termos uma noite, muitas noites nossas. Só nós sabemos delas e elas guardam o segredo, mesmo quando chove.

Voltei, miga. Estou na Península.

Beijinhos
13A

3za disse...

Que bom Amiga! Precisamos de ti.. :)
Beijinhos