terça-feira, outubro 21, 2008

Voá Borboleta

Eu voo, sim...
Como posso, sim...
Às vezes rentinho ao chão, sim...
Outras vezes mais alto, sim...
Voo sempre que alguém se lembra, sim...
E me diz, me anima, sim...
Voá borboleta, vá, voá
nem que seja só para mim...
(Voá tu, Amigo, também
que voá sozinho não é voo p'ra ninguém.)

3 comentários:

Anónimo disse...

hum....tão bom :D

Beijinho

Ilda

Nena e Ana Mendes disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ufga92O8OKw

Como forma de gratidão pela divulgação do seu trabalho dos "óis", enviamos-lhe um pequeno presente inspirado nas suas imagens de borboletas.

3za disse...

Ohhhh... Que bonito e especial ouvido assim ao nascer do dia...
Obrigada!
Beijinhos