domingo, outubro 12, 2008

Porque hoje é Domingo...

Antes disto...

Isto:
(fresquinhas... acabadinhas de roubar ao jardim)





Agora posso começar...

4 comentários:

Anónimo disse...

Minha querida Teresa,
O teu blogue cresce tão rapidamente que, tendo sabido que comentaras o caso da minha saída antecipada, para achar esse teu post hoje tive de scroll back bastante.
Mas valeu a pena, pois a poesia e o bom gosto dos teus posts (que entretanto me deliciei a ler) aliados a uma imensa lucidez, são um excelente começo para um domingo que se adivinha cinzento.

Quanto custa a qualidade de vida, a paz de espírito, a serenidade? Por 400 será caro? Não certamente para algo que não tem preço. Obrigaram-me a sufocar a criatividade e a alegria de trabalhar... ou seja, a meter a viola no saco.
Lá vou eu enquanto é tempo.
Um bj

São

3za disse...

Obrigada pelas tuas palavras...
Nada paga a paz de espírito... e podes sempre regressar para um mimo, sem a tortura dos papéis... até ver... não nos impedem de fazer voluntariado :) Uma animação do livro... sei lá... um clube "marginal"...
Para ti desejo apenas o melhor: a felicidade plena, com suave serenidade. Sei bem a falta que isso anda a fazer a muitos...
Beijinho grande

Flor disse...

Que lindo jardim para se ficar, se mexer, se deixar olhar...
Amei.
Tb sou professora, aqui no Brasil e tento, nem sempre consigo, não fazer nada da escola neste dia...

3za disse...

:) A gente bem tenta... mas a vontade de deixar tudo prontinho.... Abraço grande