quarta-feira, maio 21, 2008

É isso aí...


É isso ai - Ana Carolina & Seu Jorge

Não é a primeira vez, eu sei.
Mas foi vídeo, agora apenas som.
É fascínio, confesso.
Há melodias e palavras que foram amassadas no céu e nos comovem para além do corpo que é o nosso. E esta versão é especial assim.
E eu não sei parar de escutar, de te olhar pela janela da teia.
Tu aí desse lado com cara que sei, com cara que não sei e às vezes descubro e guardo como diamante numa caixinha junto ao peito, com cara que às vezes nunca saberei e mesmo assim já aqui guardados porque regressam para beber mais uma gota e eu sinto a presença renovada, mesmo no silêncio da palavra...
Canções de amor podem ser de um para muitos.
É isso aí... para quem acredita em milagres.
Não é um espaço vazio este entre mim e vocês aí desse lado.
É um fio, sim. É um fio tecido com ternura.

E eu não vou parar de te olhar. De vos olhar.

3 comentários:

Luis disse...

Que Gentileza.
Em novembro passado fui por acaso à FNAC chiado, e tive a sorte de estar lá a tocar, e falar, "Seu Jorge". É um excelente musico, tem uma voz muito bonita, e uma presença muito verdadeira, faz lembrar Milton Nascimento.
No espetáculo contou um pouco da sua vida. Cresceu nas Favelas do Rio, teve um irmão que foi morto na rua, ele foi "criança de rua". tornou-se famoso por partecipar no filme "A cidade de Deus" sobre crianças de rua das favelas.
É super gente-boa, uma simpatia.
As músicas que tocou têm letras muito fortes, será uma nova música de intervenção.

A gente, do lado de cá, também não se cansa nunca de olhar a tua teia, e ver os teus poemas e os teus projectos, e os teus pequeninos estudantes em grandes progressos, que irradiam uma grande energia. É sempre um prazer vir aqui cuscar (e aprender um pouquinho) nas tuas linhas, nos teus nós e armadilhas de aranha.

JMA disse...

É isso.
Aqui.
Aí.

3za disse...

:)
É............