terça-feira, outubro 09, 2007

Papert's World...

Depois do meu apelo de antes de ontem... acabei por escrever para o MIT (Jacqueline Karaaslanian, Director of Special Projects Future of Learning Research Group) e valeu bem a tentativa. Rapidez na resposta (há uma hipótese de vir a obter este documento verdadeiramente raro) e um desafio para conhecer esta comunidade que hoje divulgo - Papert's World (que testa um novo software e um novo caminho) e integrar-me nela da forma possível.

Lá fui eu. Registei-me, entrei e... rendi-me. Podemos encontrar por ali verdadeiras preciosidades (para quem admire o trabalho de Papert ou seja apenas um curioso, é interessante acompanhar pequenos filmes caseiros de preparação de conferências... de aulas, de momentos vários. Tocou-me um momento de Março deste ano, no Hospital. Mas, ao mesmo tempo, foi bom sabê-lo vivo e a persistir na luta pela recuperação.


Com calma será interessante perceber qual o contributo possível, uma vez que tudo gira, tal como o nome indica, em torno de Papert - Homem, da sua filosofia e do seu trabalho. E, a certa altura, acabei mesmo por ouvir a pessoa com quem me escrevi. As tecnologias são isto mesmo. Aproximam e fazem crescer.

No Help encontram toda a informação de que precisarem...
.




http://mf.media.mit.edu/papertsworld/

3 comentários:

Emília Miranda disse...

Obrigada por mais esta parytilha Teresa.
Também já me registei pois, quando tive de fazer a minha dissertação de mestrado, um dos autores que mais apreciei e me deu prazee ler foi precisamente este, Seymour Papert.
Um abarço,
Emília

Emília Miranda disse...

É o que acontece a quem não relê o que escreve:
parytilha em vez de partilha;
prazee em vez de prazer;
abarço em vez de abraço.
Emília.

3za disse...

Um grande abarço e viva a parytilha!!!! Eu sou como tu... tenho de corrigir tudo... mas hoje apeteceu-me mesmo brincar........
Beyjynhu!