domingo, abril 09, 2006

Páscoa III e meio - Nasceu a primeira...

.


Nasceu a minha primeira Papilio Machaon das crisálidas da terceira geração de Verão (que hibernaram no Inverno...). Tinha de assinalar o momento, mas sem tempo para mais explicações.

Perguntam vocês: O que quer ela dizer com isto?

Mas não respondo já. Hoje levanto apenas uma pontinha do véu, abro o apetite, para mais tarde vos contar uma história cheia de magia e cor, que merece ser contada com calma.


Se quiserem descobrir um bocadinho mais sobre esta minha actividade de pastora de borboletas vão até

http://www.laplanetedesinsectes.net/index.php
(um site que descobri no ano que passou e com o qual colaborei numa pequenina parte, por conta deste hobbie recente)

e procurem por mim (no menu lateral) em

Papilio Machaon
...
polyphagie...

Também podem ir até

http://blogs.aol.fr/pjbernard37/UNEFLEURDUCIEL

onde aprendi muito do que precisava para levar a bom termo a missão e a partir do qual, através de um pedido de esclarecimento, descobri La planète des insectes do mesmo autor. Foi assim que a colaboração surgiu, pois o autor não sabia que a lagarta de papilio podia alimentar-se de arruda e até preferia.
Trocas enriquecedoras que deram origem a um pequeno apontamento que, de acordo com mensagem do autor, é dos espaços do site mais frequentados.
Tem sido uma aprendizagem muito valiosa para me enriquecer enquanto professora de Ciências.
Como tudo começou? Isso é outra história. Já disse que não será hoje!
Mas a TAGIS (http://www.tagis.net/) também tem a sua parte na descoberta e envolvimento activo na magia das "flores do céu".

(Sim, para além de gaivotas, também gosto de "ajudar borboletas a voar"...)

4 comentários:

Anónimo disse...

Muito giro!!!

Tit disse...

Hoje, como de costume aos Domingos, fui almoçar aos meus pais, com os irmãos e sobrinhos.
Lembrei-me de ti... a minha mãe tinha lá três gatinhos lindos que tinham nascido na 6ª feira, e 3 porquinhos malhados que, como estavam muito fraquinhos, tinha tirado por uns dias à mãe para pôr debaixo de uma lâmpada de aquecimento e lhe dar leite com um biberão! Aliás... não foi só leite... Como andavam mal dos intestinos, tiveram direito a um chazinho de folha de nogueira... :)

Tit disse...

A borboleta?... Linda...

3za disse...

Doce vida... A alma fica tão cheia com esses momentos... Tudo se funde: a Primavera, a família, a poesia das coisas lindas e simples da vida. É bom podermos ter ocasião de estar perto de tudo isto.
Chá de folha de nogueira? Já aprendi uma coisa nova! Sorte dos bichinhos terem esse cantinho para viver... :)