terça-feira, junho 26, 2007

Dizer Bem 2

Com um carinho e uma comoção especiais, digo hoje bem daquele que foi o meu lar por mais de 20 anos e, de certa forma, continua a ser a minha casinha doce à qual regresso vezes sem conta (quinta à noite lá estaremos todos juntos...).

Sim, falo da escola básica 2,3 de Luísa Todi em Setúbal, a escola que continua presa aos seus barracões velhos, à chuva e desconsolo que se entranham nos ossos e na alma, mas que alberga tanta luz, tanta esperança, tanta força. Falo dos Professores, dos Alunos, dos Funcionários que a habitam e tornam viva. Não a deixam morrer de frio. Digo bem de quem permanece de pé (embora o dizer bem não esconda a revolta e o dizer mal de quem nunca se dignou a mudar este cenário cinzento, apesar de o prometer anos a fio - desculpem, mas não consegui evitar).


Um orgulho saber que fiz parte dessa comunidade enteada do mundo, que não tem direito a escolas lindas como a da Vasco da Gama em Lisboa e outras que tais, a espaços confortáveis e dignos, mas vai produzindo magias e maravilhas que são um hino à resistência, uma ode à entrega (que tem sido bem desvalorizada por quem devia acarinhá-la - desculpem, mas não consegui evitar).

Sei que por lá habita o melhor da educação neste país.


Se duvidam, espreitem (mas espreitem mesmo e acreditem no que os vossos olhos vêem e no que os vossos ouvidos ouvem)



AQUI


e

AQUI





E isto é apenas uma ínfima parte de tudo o que acontece neste universo especial, que tem tanto de feio por fora como de belo por dentro.


Amigos, saudade... muita saudade.
A vida é como é e separa-nos fisicamente. Apenas isso.

Não vos esqueço nunca.

7 comentários:

Margarida disse...

Tenho de arranjar uma solução para ler com mais cuidado as mensagens que aqui colocas. Passar 12 a 14 horas na escola por dia/5 dias por semana faz com que me reste pouco tempo para ler, sem ser de maneira superficial, a quantidade de informação que por aqui habita.

Vou esperar o fim-de-semana e tentar vir ler melhor para decidir se me inscrevo ou não na "clio".

bjinho

Herr Macintosh disse...

Alguns comentários sobre este post. Sou o responsável pelo site dos dois links (OK, os dois vão dar ao mesmo sítio, mas calculo que, pela imagem, o segundo seja este) e fico muito agradecido pela referência neste dizer bem. A Teresa tem sido uma enorme ajuda como beta tester (como nós os dois dizemos) e como divulgadora do site da edigital. Mas há mais trabalho na Escola Luísa Todi de outros professores, talvez não tão mediático e visível no exterior da comunidade educativa, mas que lá vão mantendo as coisas a funcionar contra todos os ventos e tempestades que a tutela resolve nos atirar.
Um segundo comentário, agora à Margarida. A ideia de haver listas de difusão era criar uma comunidade de partilha. Este ano houve algumas inscrições mas a coisa não arrancou, o que é uma pena. Espero que para o próximo ano se crie a tal comunidade, até porque estou a preparar algumas coisas novas para o site.

3za disse...

HM... por isso eu disse que isto é uma´ínfima parte de tudo o que lá acontece.. Realmente é mais mediático mas sei bem do trabalho e labuta diários que não consigo mostrar aqui... A homenagem é a TUDO isso.... o que aqui coloco é o tal "ínfimo" exemplo... não significando ínfimo... pouco. É masi uma das gotas boas com que se constrói todo esse mar...
E, Margarida...... o tempo... esse maroto... sempre a fugir!!! :)

IC disse...

3za, espero que não consideres indiscreto o meu primeiro dizer bem lá no meu cantinho. Entretanto, sem alunos este ano, estou com dificuldade em cumprir isto de só dizer bem durante uma semana, logo no 1º dia não consegui evitar desviar-me e, com mais "coisas" que já li hoje, acho que só vou conseguir ficar pelo 2º dizer bem e abster-me de escrever - já é alguma coisa calar quando constantemente a minha pele fica eriçada ;)
A minha ex-escola, em plena capital, também é de barracões "provisórios", e há pelo menos 5 anos que dizem "é agora" a prometida escola nova, mas o agora nunca mais acontece. E se não fosse a arte do sr. Fernando (funcionário auxiliar da acção educativa) passava-se a vida com baldes a aparar a chuva que caía nas salas de aula.
Eu sei que há muitos casos e iniciativas para dizer bem, mas não consigo esquecer que, nas circunstâncias presentes, tudo isso está longe de chegar para contrabalançar o que de lamentável e triste vai acontecendo.

Ai... desculpa, desculpa! Isto não é comentário que se faça num post do dizer bem! Bem digo eu que devo optar é por estar caladinha nesta semana!
Pronto...
Muitos beijinhos.

3za disse...

Não peças desculpa... reparaste por certo que a minha revolta não me permitiu manter-me no caminho do bem... e resvalei umas duas vezes... Coisas! Vou espreitar o teu cantinho e logo te digo se é o que dizez... :)
Beijinhos

Margarida disse...

Quero aqui dizer bem da minha escola. Moro lá há 18 anos, nunca me passou pela cabeça concorrer para outra por n motivos.

Desde que comecei a "frequentar" os blogues de professores, nomeadamente os da zona sul, verifico que há qualquer coisa de diferente do que se vive na minha escola, na minha zona :).

Por isso estou interessada em me inscrever na clio, ou TIC, ou... para troca de ideias e opiniões.

3za: Desculpa abusar assim do teu espaço.

Um abraço

subROSA disse...

Na Luísa Todi há, sobretudo muita gente que trabalha nos bastidores... que produz cimento, que controi e consolida pontes para diferentes sítos, nem sempre fantásticosé certo,... mas muitas vezes reveladores de um brilho especial. Lembro-me bem dessa imagem das Comemorações do 30º Aniversário do 25 de Abril... Da inauguração da Sala Salgueiro Maia... Dos Chaimites entrando na escola, qual revolução que é, no fundo, desejo de uma Escola Nova... para além das simples paredes... Lembro-me muito bem do que foi preciso fazer... e do gozo que deu... do gozo que nos deu!... É também por isso que o site da Edigital não pode ficar só neste blogue... e na água na boca de outras gentes... e das nossas gentes! Tem que ser divulgado... apropriado... utilizado... na Luísa Todi...

subROSA