domingo, dezembro 23, 2007

"Pedaços de Amor de Mel da Avó"

Lembram-se da receita das Broas de Mel da Avó Mila há um ano atrás?
Bem...
Com tanto trabalho em mãos, julgava que não ia conseguir fazê-las... mas afinal o que aconteceu é que não consegui deixar de as fazer.
Há coisas mais fortes do que nós.

Só que...
Como não tinha frutos secos nem muito tempo, reinventei uma forma de fazer a receita e recordar este sabor e aroma tão especiais, sem ter de passar o resto da tarde a tender broinhas (desculpas-me Avó?).

Portanto, fiz tudo tal e qual como digo e mostro na outra entrada da Teia, depois... coloquei a massa no papel vegetal (dois tabuleiros - fiz a receita com 500g de farinha), espalhei um pouco para fazer assim uma espécie de forma quadrangular no centro do vegetal (com uma alturinha semelhante à das broas) e forno (mesma temperatura, mesmo tempo)!

A seguir... cortei em pedacinhos e polvilhei com açúcar em pó.
Em vez de broas de mel com esta forma:


ficaram assim uns pedacinhos de mel em forma de paralelepípedo:


O saborzinho é o mesmo de sempre!

8 comentários:

Margarida disse...

Passei aqui para não ler...
Passei aqui para desejar Boas Festas...
Passei aqui para deixar um abraço daqui deste lado



Ah, tomei a liberdade de tirar uma broa. Adorei -:))

CristinaGS disse...

Que bom aspecto!

3za disse...

Boas festas!!! E sirvam-se à vontade! :)
Beijinhos

Prof. Teresa disse...

Boas Festas! Bem docinhas!
Deixo-te um presente:
http://artpad.art.com/artpad/painter/

Matilde disse...

Hum...!
que delíciaaa...!
Fui buscar um chazinho para acompanhar - nem imaginas como me soube bem... :)
Obrigada!

Um grande beijinhos Teresa... e Feliz Natal para ti... :)

Ilda disse...

Hum...que bom, devem estar divinais ;D
Passei pra desejar um Bom Natal e que o Ano Novo traga tudo de bom para todos nós, mas principalmente muita saúde e força para continuar a lutar por aquilo em que acreditamos.
Beijinhos alentejanos***

LN disse...

Sabores e saberes de Natal...

Boas Festas! E um 2008 cheio de doçura :)

Paideia disse...

E um dia hão-de ser a receita da avó-3za...
Uma fio de teia natalícia para ti.
Idalina