domingo, dezembro 23, 2007

Inesperado... Eles põem-se a jeito, que culpa tenho eu?

Não tenho muito o hábito de ir trabalhar para a mesa da sala... mas hoje a casa anda em limpezas e lá fui eu de armas e bagagens para outras paragens. Na varanda exterior alguns vasos com roseiras meio adormecidas de inverno (altura em que ficam muito pouco apresentáveis).
Algo pouco comum: um passarinho saltava de ramo em ramo parecendo dedicar-se à recolha de insectos que devorava rapidamente. Não era um pardal e fui a correr buscar a máquina. Consegui um pequenino filme das andanças rápidas de ramo em ramo e algumas fotos (que não têm, claro, muita qualidade, pois foram feitas através do vidro e o passarinho não parava quieto).


Ainda assim, penso que dá para identificar (vim aqui consultar os meus livros - guias de observação de aves no campo e depois espreitei umas fotos na Internet).
Parece-me uma felosa-comum.
Alguém discorda?

Também me parecia que não... :)

E lá interrompi o trabalho para deixar aqui registada a memória do momento.
(É mais prático e rápido do que organizar álbuns de fotos...)






.

3 comentários:

Anónimo disse...

Beatriz Pinto 6ºB

Professora ja fiz o reconto...

Anónimo disse...

Prof. O meu reconto e o das Amigas para sempre eu esqueci me de por o meu nome.


Beatriz Pinto 6ºB

3za disse...

Óptimo! Parabéns. Já está publicado! (Corrigi sobretudo os acentos que estavam quase todos trocados. Depois falamos).
Muitos beijinhos e Feliz Natal!!!!!