sexta-feira, dezembro 14, 2007

A chama... chama


Terrinha agreste esta.
Carro coberto de gelo. Mangueira congelada.

Não havendo lareira, bem cedinho pela manhã, depois de comerem, a chama... chama.

(Boa esta vidinha de gato e de cão... eu cá, daqui a pouco, estou na rua.)
.
ADENDA:
....a "rua" (não, não é neve):
.

3 comentários:

Natura disse...

Bom... então vamos à verdade.
Desde os meus 13 anos que ocupo (sempre que posso) o meu tempo com as borboletas e durante mais de 5 anos só as 'cacei'... até que um dia tive um sonho, em que falei com uma das borboleta que ia (como tantas outras) para o estirador, com o respectivo alfinete no tórax, dizendo o que sentia...
Nunca mais voltei a 'caçá-las'.
Para redimir o mal que tinha feito, ofereci à minha mãe as/os mais de 20 caixas/expositores, que continham uma enorme colecção catalogada e onde não faltavam esfinges, entre outras espécies de dificil captura e desde aí, passei a 'construir' biótopos que facilitassem a propagação dessas espécies, que outrora tinham perecido para meu regozijo.
Tudo isto se passou na minha aldeia natal.
Quando vim para Aveiro, acabei por deixar morrer o meu gosto de infância, até porque não me parecia que houvesse possibilidade de fazer o que quer que fosse, no centro de uma cidade.
Um dia, ao ir fazer mais uma avaliação, encontrei no quintal dessa casa, arrudas com lagartas e fiquei surpreendido com era possivel virem ali, quase 'sem acesso', fazer a postura.
Corri a informar-me se havia alguém, em alguma cidade do país, que presenciasse estas coisas e encontrei uma, em Lisboa e aí pensei... se acontece em Lisboa, também tem de acontecer em Aveiro.
Mãos à obra.
Construí um biótopo no meu terraço, no 3º andar do prédio e no primeiro ano não aconteceu nada de especial. No 2º tive imensas lagartas, umas por postura e outras por recolha de campo.
No ano passado ao ler um artigo, num Blog chamado Tempo de Teia (de 15 de Junho de 2006) é que me apercebi, que era possível fazer muito mais e até podia fazer divulgação. Projectei bem o final de 2006, multipliquei as sementeiras e programei um borboletário para o ano seguinte.
Tudo correu bem, e no auge da época tinha mais de 40 borboletas de Papilio Machaon e 6 Monarcas que faziam a delícia dos visitantes que afirmavam também querer arrudas para colocar nas varandas. Até que voltei a ler um tal Blog (Tempo de Teia) e decidi 'criar' um, de modo a fazer divulgação e dar resposta às dúvidas que colocasse. Há bem pouco tempo, um tal "Estrelar" disse-me que a professora Teresa era fantástica e motivava muito os seus alunos para a compreensão destes pequenos mundos, sem que a profissão a obrigasse a isso e se calhar… sem reconhecimento.
Parabéns Teresa.
Obrigado... e continue a fazê-lo… por todos nós.

3za disse...

Agora fiquei tocada, comovida... Não temos a noção de quão longe e quanto as teias que vamos tecendo se entrelaçam nas dos outros. De quanto podemos fazer uma pequenina diferença aqui ou ali... mudar esta ou aquela direcção. Percebi com a teia, que eu própria fui mudando de direcção e aprendendo com imensos amigos novos que me ajudaram a tecer cada vez mais e melhores fios para a vida, para a profissão e para os alunos. Devagarinho vou percebendo a importância destes espaços de partilha, as trocas ricas que interferem nos rumos do destino. Fico grata por ter partilhado comigo esta história tão bonita e por estar a acompanhar o meu estrelar permitindo-lhe avançar para além do que lhe pude ensinar. Todos os alunos deveriam ir sempre mais longe do que os professores. Será o caso do "estrelar"... e foi muito bom que ele o tivesse encontrado para poder evoluir... Este cruzar de fios é qualquer coisa de especial.
Obrigada pelas palavras que dão uma força imensa e continue o excelente trabalho!

Buy Cheap Viagra Online , Order Viagra, Purchase Viagra disse...

சந்திர, சந்திர சூரிய, சூரிய மான ஆண்டுகளைப் பற்றி நிறைய ஐயங்கள் இருந்தன. இந்த இடுகையைப் படிக்கும் போது அவற்றில் பல தெளிவு பெறுகின்றன. சூரிய இராசிகளின் படி அமைந்த தமிழ் மாதங்களுக்கு ஏன் திங்கள்+நாள்காட்டுகளின் அடிப்படையில் அமையும் பெயர்கள் இருக்கின்றன என்று வெகு நாட்களாக இருந்த ஐயம் இன்று தீர்ந்தது.