terça-feira, maio 09, 2006

No tempo dos Piratas...

1992 - Piratas do Silêncio
Teresa Marques, Cristovão Martinho, Francisco Santana, Carlos Sequeira, Rui Rosado, Filipe Martins, Helena Mendes
Com
Amandio Costa Bastos - técnico de som
Fernando Júdice da Costa e Manuel Faria - Produtores (na altura elementos da banda Trovante)

Playlist EntreMarés no Youtube 










...........................................................................................................................................................
(Som em http://www.myspace.com/3zamar )

Para me provar a mim própria que não foi um sonho.
Aconteceu mesmo... há muito tempo.

Embora dê comigo a hesitar... já passou tanto tempo que não levarão a mal este desfiar de lembranças... É uma história como tantas outras. Tive sorte que esta fosse minha.
O que sou, como sou, enquanto professora, tem tudo a ver com este ávido desejo de coleccionar aprendizagens/experiências e de as ir partilhando e transformando em coisas que possa oferecer aos alunos. Está para além do meu controlo e é coisa que deixou de me preocupar. Aceito.

Ora bem...

Na festa de final de ano, no primeiro ano em que efectivei (EB na altura 2 de Luísa Todi... 24 anos), logo a seguir ao estágio - 85/86, participei compondo o Rock da Matemática e coloquei o quarto grupo a cantar...
Os miúdos acharam graça ver os seus professores, ao som da melodia do Blue Suede Shoes, a repetir dançando: A matemática, oh não! A matemática oh yeah!
Fiquei imediatamente perdoada por ter obrigado os DTs a trabalhar tanto (fui coordenadora nesse ano...) e ainda ganhei um bónus: um colega (guitarrista e professor de educação musical - o Carlos) convidou-me para fazer uns testes de voz para o grupo a que pertencia (Disto e Daquilo, já com um LP gravado) pois estavam sem vocalista.

Fui. Fiquei. Ajudei a compor. Escrevi letras de canções. Cantei.
Mudámos o nome para Piratas do Silêncio e virámo-nos para o pop-rock, com influências da música tradicional portuguesa.

Um dia o Tozé Brito (na altura da Polygram), "descobriu-nos" e "levou-nos" com ele. Logo de seguida foi convidado para dirigir a BMG... e lá fomos nós com ele outra vez para o catálogo desta editora, que estava a começar na altura.

Produtores: Manuel Faria e Fernando Júdice dos Trovante. Aprendi tanto! Ainda conservo cópia de um livro sobre como escrever "boas canções". À boca do estúdio, em gravação, discutiam-se pormenores, reflectia-se sobre a intenção dos poemas... Foi real? Acho que foi. Foi sim.



Tudo isto, acreditem, praticamente sem uma falta às aulas... durante a semana de gravação pedi autorização para faltar por conta do período de férias. E ainda uma ou duas faltas, não mais, para os programas do Porto (gravávamos logo tudo para os indirectos e fazíamos os directos num dia).

Com o tempo, foi-se tornando difícil conjugar tudo. Ensaios até à meia noite, levantar de madrugada, aulas cedo, muito trabalho. Logo que foi possível pedi para ser substituída. Entretanto os elementos do grupo, naturalmente, entre família e trabalho acabaram por se ir afastando e o projecto terminou.

Mas foi uma experiência muito especial que guardo com carinho no meu álbum de memórias de outros tempos...


Ensaiávamos num sótão do extinto Círculo Cultural de Setúbal (foto de 1989)




CD gravado (1992), eis que começa a promoção. Antes, é claro, fizemos espectáculos... coisa que, posso dizer, não me agradava (uma vez bicho-do-mato... sempre bicho-do-mato...). Era assustador e raramente conseguia estar completamente à vontade à frente de tanta gente.

Na TV era mais fácil... e a quantos programas fomos? Muitos: Júlio Isidro mais do que uma vez, Manuel Luís Goucha no Porto, mais do que uma vez, programa TOP + (ainda com a Catarina Furtado, lembram-se?), programas diversos que existiam na altura (um destes dias, na RTP memória, dei connosco a tocar meia hora num programa que se chamava na altura "Notas em Si"). Foi uma risota aqui em casa! Estivemos no top 25 da RFM, divulgado no Blitz, (do 20º ao 10º durante várias semanas, com a canção "Entre marés", que dava nome ao álbum. Entrevistas nas rádios, RFM, Antena 1, Renascença, RDPi, Rádio Azul... outras mais que não lembro (havia menos na altura) até aos Açores fomos! Notícias em revistas, jornais, críticas... tudo bem recortadinho a provar que o passado existiu (neste recorte estávamos em 10º lugar).


Espectáculo de apresentação? Aula Magna com Carlos Paredes.


Um espectáculo que ficou na memória? Festa CE emitida em directo em Lisboa e no Porto. Nós estávamos no Porto e os parceiros de espectáculo em palco eram os Trovante, a Mafalda Veiga e um grupo da Galiza - Lua Extravagante.




Ah e o espectáculo das festas de Verão em Lisboa... por alguma razão consegui descontrair e correu tudo muito bem.

Resolvi, há dias, pesquisar no Google: Piratas do Silêncio... tive uma surpresa engraçada. Dei com este arquivo da fonoteca municipal de Lisboa:

31 comentários:

pi disse...

Eu lembro-me...
Um patinho que não sabia que era um cisne! Escondam-me!
Essa Teresa pertence ao passado. A de hoje, embora "bichinho do mato", é muito mais segura e não tem medo de mostrar que tem valor
Bjs
Pi

3za disse...

Olha a Pi!!!Tão bom saber de ti! "(Pres)suponho" (piada privada eh eh eh eh) que possas ter razão... relativamente à segurança, quero eu dizer (ou talvez tenha perdido um bocado a vergonha... depois dos entas lá vou conseguindo pôr o medo de lado - vantagens do "amadurecimento" :).
Já o cisne... o cisne... (humm, a ideia é lisongeira) continua a tentar emergir suavemente do patinho, que teima em manter-se alerta para que os voos tenham conta, peso e medida e não haja deslumbramentos... Esta é a história da minha vida.
(Faz sempre falta a presença de um patinho na vida de um qualquer projecto de cisne. Ajuda a manter as coisas em perspectiva.) Beijinhos. Adorei as tuas palavras.

gi disse...

As coisas que nós não sabemos. És uma caixinha boa de surpresas...

subROSA disse...

Todo o Cisne tem, efectivamente, um patinho feio nadando, nadando, debaixo de água... Gosto de patinhos feios que se transforma em Cisne nas ondas do lago Vida... Parabéns patinho Cisne...

3za disse...

Obrigada Gi e V...
V.. tinha saudades de te ver por aqui! Bom ouvir-te de novo!

Teresa Lopes disse...

Que tens ainda para revelar sobre ti, 3za? Que "mistérios" guardas?
És o máximo!...

3za disse...

Não sou esse máximo... mas lá que tenho alguns mistérios tenho... Pensei que sabias destas minhas adanças... Provavelmente até foste a algum concerto da Feira de Setúbal sem saber que era eu.. eh eh eh
Bjs

Anónimo disse...

UAU!
Eu não fazia a minima ideia!
Prof.: Já tem um espaço guardado no album de autografos! (e vai ser a primeira pois ele ainda está vazio... ) :P
Tanta emoção só numa manhã....

Beijocas,
Mónica

Tit disse...

Parabéns... é lindo... Mais pormenores já te disse pelo e-mail ;)
Bjos

3za disse...

Vocês deixam-me sem palavras... posso sempre começar a cantar la la la la la. Muitas beijocas! Obrigada.

OF disse...

Gosto muito do tema "Entre Marés"

"Criei" recentemente uma rádio no cotonete com temas dos anos '80.

Apesar de não ser um tema dessa década acho que está em boa companhia por isso decidi mantê-lo na "playlist"

http:\\Radio80.blogspot.com

Já agora falta em Portugal livros sobre "como compôr boas canções (em língua portuguesa)".

Ainda recentemente no BLITZ referiram que Jorge Palma começou por escrever em inglês e teve que pedir ajuda a Ary dos Santos para entender esta "ciência" que os nossos jovens músicos não dominam.

http:\\cantar-em-portugues.blogspot.com

3za disse...

Obrigada! Que engraçado estarmos ainda numa playlist... é uma honra! Obrigada também pela partilha dos links...

Anónimo disse...

Wow! Encontrei o site de uma pessoa que pertenceu realmente aos Piratas do Silencio! Ou pelo menos assim percebi...

Passei anos e anos e anos á procura do disco dos piratas, mas sem sucesso. Acabei passados muitos anos por encontrar alguem que me arranjou as musicas de forma menos correcta... enfim...

Este grupo foi a minha paixão durante muitos anos. E mesmo hoje em dia quando me perguntam qual o grupo portugues do qual mais gosto, ainda é este que refiro, embora já não façam musica.

Alguem por favor, se fôr possivel, me indica links para achar mais informação sobre este grupo e sobre as pessoas que o compunham? Ficaria muito agradecido...


Carlos Águas

darksidemoon13@hotmail.com

3za disse...

Carlos, primeiro agradecer as tuas palavras e o teu entusiasmo. Acabaste de ser declarado por mim o nosso fã número um (e eu nem sabia que o tínhamos!)
Sim, percebeste bem. Eu era a vocalista (autora da maioria das letras e co-compositora das melodias)... e é tão bom saber que alguém ainda se lembra de nós embora não nos tenha sido possível continuar o caminho enquanto piratas. Não te sei indicar links porque penso que não existem. A continua a tocar e a ensinar música (conservatório). O Carlos é professor de Educação musical e também do conservatório e penso que continua a compor em privado. Ainda fizemos juntos umas coisas, mas não chegámos a publicá-las. O Cristovão (sax) foi aquele que se manteve no mundo da música tocando com vários artistas conhecidos.. Carlos Mendes, Mafalda... não sei o que está a fazer agora. O Ruca (bateria) integrou a certa altura os hand on aproach mas agora não sei dele... o Filipe o o Chico... perdi-lhes o rasto...Quanto a mim... continuo a ser professora de Matemática e Ciências, a escrever livros de poesia (um deles está recomendado no Plano Nacional de Leitura, e por vezes ainda componho sem ambição de publicação (sempre que o tempo o permite). Partilhei algumas coisas no MySpace music neste endereço que aqui te deixo.
http://www.myspace.com/3zamar
Espero ter ajudado um bocadinho a matar saudades... Obrigada, mais uma vez, por este teu comentário e pelo teu carinho por nós!
Um abraço

rabina disse...

3za, fantástica esta capacidade de intervenção nas diversas frentes culturais...
Parabéns.

3za disse...

:) :) Obrigada!

Eduardo F. disse...

Cara Teresa:

Hoje, sem hesitar muito no que pedi para ouvir, decidi comprar o Entre Marés. Sim, 18 anos depois de ser editado, comprei-o. Em Cd.

Vim à procura deles, para saber mais. Nunca me tinha cruzado com o nome, sequer.
Quero agradecer-lhe por ter, sabe-se lá com que sentimento de absurdo, decidido desfiar as suas memórias e escrito sobre os Piratas. Ou tê-los lembrado.

Como toda a arte precisa de e é um acto de comunicação, ela não é só de quem a faz. Por isso é importante partilharmos aquelas partes que são mais nossas por serem de mais pessoas.

Aproveito para precisar / perguntar, então, o seguinte (se souber responder, claro:):
Os Disto & Daquilo nasceram em que ano, é ainda possível saber?
Nasceram em Setúbal?

No disco, um dos agradecimentos é a C.M.S. Presumo que seja Setúbal, portanto.

"Puxa, tantas palavras e nem um pronunciamento sobre a gravação?"
- Eheh, neste preciso momento estou a ouvir apenas pela segunda vez.
Mas a menina canta bem.

Numa primeira audição lembrei-me dos Ravel, mais pela música que pela voz.

Giro. Gostei desta descoberta.
Obrigado.

3za disse...

Caro Eduardo

Que alegria encontrar o seu comentário...
Não sei responder às prguntas... sei que os Disto e Daquilo já existiam quando fui viver para Setúbal, sim. Era um grupo da cidade. Ano... não sei precisar... antes de 1985, apenas isso.

E... curiosidade: onde conseguiu comprar? Eu queria fazê-lo (só tenho a cópia que a editora me ofereceu) mas julgava que já não seria possível encontrá-lo...

Obrigada pelas palavras e por ter tirado do seu tempo para partilhar a sua descoberta comigo.

Um abraço.

Eduardo F. disse...

Oh, obrigado eu, por estar desse lado.

Na verdade, o primeiro (e penso que o único. (álbum, pelo menos)) disco dos Disto & Daquilo, homónimo, foi lançado em 1983. Na revista Mundo da Canção, N.65, de Março de 84 uma crítica ao mesmo (em jeito de balanço da música popular portuguesa) escrevia-se que era um grupo de formação recente (p.8)

Comprei o cd na Louie Louie de Braga, que é a que me serve. Vejo que procura um exemplar. Vou tentar, nos meus meios, tratar de o conseguir e se lá chegar, pode a amiga crer que lho enviarei com todo o gosto. :)

Continuamos deste lado.
É um gosto descobrir e é um gosto comunicar. :)

Beijinho cá de cima.

Eduardo F. disse...

Já agora, Teresa, estaria interessada apenas em formato cd? Ou posso também procurar por vinil?

:)

(Humm, formada em Geologia, eia!)
;)

3za disse...

:) pois... deste lado trabalhando.
Tenho um vinil (desejo apenas CD) e só posso agradecer a atenção! Na verdade eu queria comprar mais do que um... Às vezes os amigos pedem e seria mais engraçado oferecer (sobretudo a amigos de fora) originais do que cópias... Mas se existir alguma possibilidade de eu pagar à loja à cobrança nos correios... agradecia imenso que me descobrisse quantas cópias poderia adquirir.:)
A Geologia está distante (o cara-metade é que faz dela vida intensa)... eu decidi ser professora de Matemática e Ciências por afeição e juntar a isso muitos projectos em torno das tecnologias. Ao mesmo tempo... pois... muita dispersão, sei, vou a escolas quando posso (agora posso menos)na qualidade de escritora... enfim poeta... o que se quiser chamar... pois tenho alguns livritos publicados e o Plano Nacional de Leitura recomendou um deles. Enfim... não me falta trabalho nem animação. Depois... a música não ficou esquecida... mas são coisas artesanais que guardo sem alarde no meu 3za myspace music. E... por um acaso dos grandes, que só as redes como estas permitem, reencontrei no Facebook um amigo de liceu... e acabei a escrever três poemas para três canções do próximo álbum dos DIVA (que estão em estúdio). Contei aqui na teia a história (a verdade é que aos 17/18 anos escrevi um dos poemas do seu primeiro single): http://tempodeteia.blogspot.com/2009/11/diva-das-teias-das-memorias-dos.html
Agora o tempo é curto... e procuro concentrá-lo mais nos projectos educativos em que estou envolvida...
Obrigada, mais uma vez, pelas trocas. Esta coisa das redes e das teias sempre me trouxe coisas boas. :)

Abraço
T

Eduardo F. disse...

:)

Estarei atento. Sou um bicho de lugares esconsos onde por vezes se descobrem pérolas.

Obrigado pela disponibilidade. E pelos livros. Estarei atento, também.
:)

adt disse...

É pena os comentários nãoo terem data. O Eduardo F. do mostraivos.blogspot.com talvez não conheça o blog de bandas de Setubal. Tem uma foto de 1982 dos D&D.

E tem dezenas de outras bandas de Setubal.

http://conjuntosdesetubal.blogspot.com/

3za disse...

:) Obrigada pela partilha! O comentário é deste ano (poucos meses), mas realmente é aborrecido ficar sem data...

Edward Soja disse...

Olá, Teresa,

olha quem também se lembrou de resgatar os PdS...

http://guedelhudos.blogspot.pt/2012/05/piratas-do-silencio.html

Ah, a loja Louie Louie ainda parece ter o cd:
http://louielouie.biz/

Abreijo.
:)

3za disse...

Que giro!
Muito obrigada pela informação!
Tenho de ver se arranjo :) :)
Abreijo é giro... segue um para ti!

Edward Soja disse...

Olá, Teresa,

Lembrei-me de vir aqui (se vires a tempo) porque no programa Notas para Si do início da semana passada (procura antes que desapareça: pela Zon só dá para ver durante uma semana) foi a vez dos Piratas do Silêncio.

:)

Apresse-se, menina.

Beijos,
Eduardo,
Braga

Edward Soja disse...

Claro, na RTP Memória, falo.

:)

Edward Soja disse...

O grupo Lua Extravagante não era o grupo da Filipa Pais e dos irmãos Salomé (Vitorino, Janita e Carlos)?
:)

3za disse...

UI... Muito obrigada, Ed! Falhei (mas tenho esse programa gravadinho em vídeo). É que o gmail coloca os comentários da teia no recanto social e eu ando tão cheia de trabalho que só agora vi o teu comentário... Tenho de tentar mudar aquilo! Bjs

3za disse...

Acho que era um grupo da Galiza... não eram eles... Acho que não...