domingo, junho 18, 2006

Domingo aconteceu

.
Continuo com um desejo grande de poesia... o que se há-de fazer? Eu vou resistindo, resistindo, mas chega o final do dia e tenho de o cumprir até aqui. É Domingo. Posso.

Amanhã terei missão a condizer para saciar este apetite, na escola da Teresa Lopes por entre alunos de todas as idades. Ela contará, quem sabe eu também. São sempre dias de emoção e cada qual sente-a como sente, de forma sempre diferente.

Portanto, não estranhem que volte à poesia hoje...
... amanhã...
... um dia destes...

Poema que Aconteceu

Nenhum desejo neste domingo

nenhum problema nesta vida
o mundo parou de repente
os homens ficaram calados

domingo sem fim nem começo.
A mão que escreve este poema
não sabe o que está escrevendo
mas é possível que se soubesse
nem ligasse.

Carlos Drummond de Andrade
http://www.casadobruxo.com.br/poesia/c/carlos.htm


http://www.releituras.com/drummond_bio.asp

3 comentários:

Teresa Lopes disse...

Até já, 3za!

Tit disse...

Nada contra! Podes voltar à poesia sempre que quiseres - (até ver...lol) gosto sempre da tua selecção... :)

3za disse...

Até já teresa!
Obrigada Matilde... hei-de voltar!