terça-feira, fevereiro 28, 2006

Carnaval 4 a:) 1938, Século XXI e Amor

-
Ano da graça de 1938
Sonhado pela Bisavó Rosa e "tecido" pela Tia-Avó Jú



Século XXI: o digital, a velocidade a que a informação corre mundo fora, as cores devolvidas ao passado que as guardava na memória. Obrigada Pai pela surpresa caidinha agora aqui no meu computador (milagres do futuro de que só alguns suspeitaram e outros, mesmo vindos de mais longe, não perderam a oportunidade de agarrar).

Amor: esse é sempre o mesmo. Eu não disse que havia Amor nesta história? Já não me lembrava de como isso era tão visível... Obrigada Mulheres (Mãe, Avós, Tias) da minha Família!

O Carnaval no seu melhor: Festa de Família?

(E Educação sem Família, só com Escola... é coisa que há, que não há?)

3 comentários:

Teresa Lopes disse...

Uma coisa é certa, Teresa: este Carnaval desencantaste o teu baú das memórias e fizeste-me ir à procura do meu velho album. Pode ser que amanhã te confrontes com uma minhota de gema!...
O traje do Minho é dos mais coloridos, dos mais ricos que há. Talvez que por esse motivo seja tão escolhido.

3za disse...

Vou ficar à espreita...

Tit disse...

Grandes mulheres - com criatividade, dedicação e, nota-se bem,um grande amor pela vida :)