segunda-feira, junho 23, 2008

Eu espero...

Um novo livro da editora Bruaá
www.bruaa.pt

http://www.bruaa.pt/livros.htm

Uma extraordinária metáfora da vida dada por um fio que corre, passando de página para página (desde a folha de rosto até à página final preenchida com o fio apanhado em meada), e que arrasta acontecimentos marcantes que constroem um ser na sua plena dimensão humana. Vida feita de alegrias e tristezas, mas com a espera sempre como elemento recorrente. O livro, e em particular a capa, tem o formato de um sobrescrito com janela, de onde sai a imagem de uma criança com olhar expectante; a partir daqui os vários momentos representados articulam-se de forma solidária e mostram ao leitor que há sempre um amanhã e que vale a pena acreditar no futuro. Ler mais...

1 comentário:

Luis disse...

Olá tereza,
Estive a ler o seguinte post de uma professora de Matemática universitária , sobre a facilidade nas provas de aferição do 2º ciclo deste ano.
http://homoclinica.blogspot.com/2008/06/que-se-resolve-contando-pelos-dedos.html
Diz ela: « Com estes exemplos concretos de perguntas na prova de aferição do 2º ciclo, deste ano, qualquer pessoa pode avaliar a complexidade desta prova.»
( Os exemplos são de facto muito fáceis. Mas eu não acho! nem me sinto com capacidades para saber se as provas estão assim tão mal feitas!! nem tenho nada boa opinião dos Prof. Universitários a saberem o que se ensina a estes níveis do básico. Nem gosto do Nuno Crato, acho que é muito repetitivo)

«Não são precisas "técnicas estatísticas" para ver que isto é uma burla aos pais que mandam os seus filhos para a escola pública.»
(Não discordo , mas para isso teria de saber avaliar se as provas são mesmo feitas para alunos de nível muito fraco, e estas notas contam para a avaliação?)

« É este o rigor e exigência de que falava Cavaco Silva no 10 de Junho?»
(Boa pergunta)