domingo, junho 08, 2008

É com PESSOAS especiais que Portugal se cumpre...

Sim.
A esta doce Avó aplaudo eu e de pé.

Percebem o que eu quero dizer, não percebem?
Alguém, nestes tempos de histeria a três cores, já ouviu falar dela, ou de outras pessoas que realmente fazem a diferença naquilo que importa, por um segundo que fosse na televisão? Elas não precisam da publicidade, mas nós precisávamos de saber... Portugal precisava de escutar, de acordar.
(Mas já ouviram falar de um barbeiro que é fã do Elvis Presley, sim? E de tantos outros disparates em horário nobre...)

Não percam esta bela história de vida da nossa Carmo Avó Pirueta, no blogue do Raul (outra PESSOA que sabe realmente o que é essencial).

Conhecendo essa tua postura de humildade e dedicação, sei que não gostas de protagonismo. Mas deixa-nos partilhar-te um bocadinho com quem aqui chega. É assim um orgulho nosso por te conhecermos. Um orgulho verdadeiro por sabermos que existem portugueses como tu (e acredito que sejam muitos).

O resto é só futebol...

6 comentários:

Luis disse...

Já fui espreitar um pouco da entrevista da Carmo. É uma vida cheia de vidas lá dentro, um grande exemplo de amor , de mulher activa e com coração cheio de generosidade. É um prazer grande conhecer uma pessoa com tantas qualidades e que quer e continua a viver a sua vida com tanto para dar, e sempre procurando a felicidade.
Um Grande abraço para a Maria do Carmo, com o minha admiração pelo seu trabalho e pela sua actitude de viver a vida com muita paixão , e por gostar de o partilhar aqui nos blogs.
A Carmo joga noutro campeonato muito mais importante, é a nossa estremo esquerdo no campeonato da cooperação e da solidariedade com Angola e com África. Sempre a marcar golos e a dar a marcar!! Força ai Maria do Carmo!! Olé!!
Deixo um poema que tirei do livro "Uma Flor por Mª Lourdes Pintasilgo" para as duas.

"Urgentemente" Eugénio de Andrade
É urgente o Amor,
E urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras
Ódio, solidão e crueldade
alguns lamentos
muitas espadas

É urgente inventar alegria
Multiplicar os beijos, as searas
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros,
e a luz impura até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer

Os cabaninhas disse...

Finalmente conheci um pouco desta Grande Avó que anda por terras que me viram nascer. Obrigada pelo que faz sem esperar recompensas a não ser os sorrisos nos rostos destas crianças.A tua teia Teresa levou-me a descobrir o Raul, beijinhos para ti e também para a Carmo "que nos aninha a todos".Fátima

3za disse...

:) Pois... Uma pessoa muito especial...
(Fátima, esqueci-me que às terças tenho aulas até Às 12:30, portanto era complicado estar aí Às 13:30... O mais certo é ser dia 19... mas primeiro deixa-me resolver as questões das entrevistas com os alunos - tudo atrasado, só hoje acabei a proposta de guião para a orientadora ver - e depois combinamos melhor. O mais que pode acontecer, é ter mesmo de ser apenas uma visita ao JI e deixar para o ano a visita ao 1ºC... Como só faltam duas semanas para fazer todas as entrevisats e na realidade só terei uma e meia, terei de usar todo o tempo disponível enquanto os alunos estão na escola até dia 20... Beijinhos )

Maria do Carmo Cruz disse...

Mais uma vez, meus Amores, só para vos dizer, que sou apemas "uma pobre velhinha, sem casa, sem lar, deixem-me a porta, deixem-me entrar", como dizia o Lobo, disfarçando a voz, ao querer enganar os três porquinhos.
E uma pergunta: "Vocês fazem ideia de quantas mil pessoas fazem melhor do que eu, no silêncio e na partilha?"
Um beijo da Avó Pirueta

3za disse...

Fazemos... sim... Avó do nosso coração. Por isso tornar-te visível é uma janela para tantos como tu... que existem, sabemos bem. Cumprimentando o 1º violino... beija-se uma orquestra inteira... temos de partilhar o que está na essência do ser... Beijinho para ti e esses muitos, que felizmente ainda povoam o mundo...

Raul Martins disse...

Obrigado Teresa pelo enlace. E que bem fica aqui a Carmo na tua teia que também é um exemplo de como Portugal se vai cumprindo.