sexta-feira, março 24, 2006

Vida (mais) longa...

Continuo a celebrar a leitura e os livros, nesta semana de poesia... A propósito de alguns comentários ao post de ontem... sorriam com o que se segue.

Há tempos escrevi a alguém dizendo que não podia morrer já, pois tinha imensos livros para ler à espera na prateleira e isso me garantia, decerto, maior longevidade...
A resposta a este meu devaneio espantou-me. Foi-me comunicado que havia algo já publicado num livro que ia ao encontro desta reflexão aparentemente absurda. O livro era "A Louca da Casa", de Rosa Montero. (Um dos melhores livros que li recentemente.) O tal texto é o que se segue.
Disfrutem e tenham uma vida longa com o elixir aqui revelado.


.

"Há pouco tempo ouvi a escritora argentina Graciela Cabal, falar em público, em Gijón, numa intervenção divertidíssima e memorável. Acabou por dizer (embora ela se expressasse melhor do que eu) que um leitor tem a vida muito mais longa do que as outras pessoas, porque não morre até acabar o livro que está a ler. O seu próprio pai, explicava Graciela, tinha demorado imenso a falecer, porque vinha o médico visitá-lo e, abanando tristemente a cabeça, garantia: "Não passa desta noite"; mas o pai respondia: "Não, nem pense, não se preocupe, não posso morrer porque tenho de acabar O Outono do Patriarca." E, assim que o médico se ia embora, o pai dizia: "Tragam-me um livro mais grosso."- Enquanto isso, amigos do meu pai, que eram saudáveis, fartavam-se de morrer; por exemplo, um pobre senhor que só foi ao médico fazer um check-up e já não saiu - acrescentava Graciela. - É que a morte também é leitora, por isso aconselho a que andem sempre com um livro na mão, porque, quando a morte chega e vê o livro, espreita para ver o que estamos a ler, tal como eu faço no autocarro, e distrai-se."

Rosa Montero
A Louca da Casa
Ed. ASA

8 comentários:

IC disse...

Adorei este post :)))

3za disse...

Calculei que sim... Eu adoro voltar a este trecho e a este livro... tem lá verdadeiras pérolas sorridentes! :)

Miguel Pinto disse...

hummm... estou a ver. Será que os meus alunos [que exagero... alguns dos meus alunos] são conhecedores da estória da Graciela? É que eles fartam-se "poupar" leituras... :))

Miguel Pinto disse...

fartam-se de...

Tit disse...

"quando a morte chega e vê o livro, espreita para ver o que estamos a ler, tal como eu faço no autocarro, e distrai-se"...lol
Obrigada pela partilha Teresa - vou acrescentar "A Louca da Casa" à minha lista :)

3za disse...

Fazes bem Tit! Nada como acrescentar livros à lista para viver mais tempo :)... E, Miguel, entre erros alimentares, falta de exercício, muito tabaco e, ainda por cima, falta de leitura... começa a perceber-se a razão para o "desaparecimento" precoce de "alguma" gente nova de mais para morrer... :) Ainda se ao menos lessem um bocadinho...

Eli Sheba disse...

Muito bem pensado. Quando li "100 anos de solidão" do Grabriel Garcia Marquez também havia uma história semelhante a essa no sentido de "retardar a morte" mas em contexto diferente.

Anónimo disse...

best regards, nice info »