terça-feira, março 28, 2006

Ficar só a ser...

.
Tenho as roseiras em botão.
Tenho as crisálidas no silêncio que antecede a cor.

Estou como elas hoje.

Com uma diferença: não posso ficar só a ser e a pensar no poema que não me vem à ideia florir e depois deixar voar.
(Porque a ideia está, como uma gaveta, cheia de cinzentos para cumprir e mal se consegue fechar.)

Pode ser cansaço. Uma gota de desencanto. Vai durar só hoje. Só um minuto, se for possível. Prometo-me.
Quantos de nós assim?
(É urgente uma Páscoa e renascer.)




"Amanhã" faço como os gafanhotos do jardim: deixo para trás esta pele cansada e seca, e busco a esperança dos rebentos primaveris... (Não consigo fazer dieta dela durante muito tempo.)

7 comentários:

Cátia,Filipa,Daniela,Carla,Sofia disse...

Professora Teresa, queremos agradecer por o que tem publicado e pelos livros que mandou, toda a escola adorou, principalmente nós e claro a nossa amiga e directora de turma professora Emília Miranda.

Um grande beijinho das netdesenhadoras e netescritoras: Cátia, Filipa, Daniela, Carla e Sofia (cada vez somos mais e ainda bem)

3za disse...

Minhas Queridas! Fico feliz por terem gostado da surpresa! Divirtam-se com as leituras... já perceberam que eu gosto muito de poesia, verdade?
Beijinhos a todas e à vossa professora Emília. O vosso trabalho no Netescrita tem sido magnífico!

IC disse...

Teresa, o meu pessimismo no presente é grande e não é só de um dia ou dois, mas eu tenho uma perspectiva (filosófica/dialéctica, se quiseres, mas penso que com fundamento)que me faz pensar que nada é inútil a longo prazo, por isso a minha atitude de fundo é sempre optimista (mesmo que eu não tenha tempo para ver as transformações, mas as lutas dos que lutaram nem sempre tiveram frutos para eles mesmos, e alguns dos Grandes que lutaram sabiam isso, nós, pequeninos, também temos que "ver" assim sob pena de concluirmos que nada vale a pena, o que não acredito que seja verdade)

3za disse...

Concordo. Às vezes realmente a dúvida instala-se mas, felizmente hoje, tive aqui um vislumbre de que algumas coisas já valeram a pena e isso fez a diferença do dia... (uma delas está mesmo aqui acima de nós... outra foi um blogue delicioso e recente que descobri hoje de uma turma do 3º ano de escolaridade- zona oeste... e me tinha como um dos 3 links... Escrevi-lhes e... agora encontrei lá um outro post com um poema meu... ficaram contentes pois a "autora" de um dos livros da biblioteca tinha-lhes escrito! Claro que escrevi novamente a agradecer. O blogue é: http://www.ventosamudar.blogspot.com/ ). A vida às vezes ganha uma corzinha muito doce por entre o cinzento que nos colam ao corpo...

Miguel Sousa disse...

sabes não tenho esse teu dom para a escrita, nem para a poesia, talvez seja meio quadrado, bom mas não é isso o que interessa para o assunto. O que te gostava de te dizer é que, quando vou escrever para os blogues, raramente sei mais do que o tema sobre o qual vou escrever, depois abro o word e sai, e pronto publico o que sai...estou solidario contigo e volta rápido porque as tuas escritas fazem bem á alma

TA-SE(xto) disse...

Obrigada Miguel! O que faz bem à alma são as vossas palavras espalhadas por todos os cantinhos da blogosfera e por este aqui. Animam-nos a continuar. Sempre!

3za disse...

Estava ligada no blogue da sala 16... daí o TA-SE... mas foi a 3za (eu própria) que escreveu o anterior...