domingo, janeiro 15, 2006

PISA e o Santo Graal do Sucesso

O Santo Graal por Dante Gabriel Rossetti em 1860


Onde se esconde a solução ou parte dela?

No blog OS (IN)DOCENTES vale a pena ler o post PISA e Finlândia e aceder às ligações que contém.
Já o fiz, imprimi tudo e agora vou ler com calma (material óptimo para a Oficina de Matemática - é pelo PISA que pensamos começar...).

Mas isto não chega.

É difícil ir muito mais além, pois não é possível aceder (eu não consegui, alguém consegue encontrar?) a materiais usados nas aulas na Finlândia, textos orientadores, indicações pedagógicas precisas, materiais didácticos para as disciplinas. Consegui o currículo nacional deste país (obrigada Teresa L. Talvez uma Península), mas ainda não é suficiente.

Foi por isso que, há uns anos, quando me apercebi de que o Ontário estava na lista dos primeiros do PISA, embarquei numa busca pelo Graal por terras do Canadá, que é como quem diz, naveguei no ciberespaço muitas horas (a propósito de outra oficina que havia construído e ajudei a dinamizar).

Resultados?

Não encontrei o Santo Graal, mas cresci muito como professora desde essa altura (e desde que li um certo livro de John Holt... mas lembrem-me de vos contar esta história noutro dia, para não me perder).
A verdade é que o Ministério da Educação do Ontário tem um acervo na 'net impressionante e confesso que tenho em casa uns quantos dossiers, dos grandes, cheios de material que me tem sido muito útil na prática lectiva e na reflexão sobre ela (refiro-me, sobretudo, ao ensino da Matemática, embora o material disponibilizado seja para todas as disciplinas e áreas).
O apoio dado ao trabalho do professor por este Ministério na sua página é variado e abrangente. Aqui só vou deixar umas migalhas... o resto fica por vossa conta.

Um aviso:A busca do Graal é algo muito pessoal e faz-se na solidão dos dias, na partilha com os outros (alunos e professores), no decorrer dos anos, amadurecendo, experimentando, reflectindo.

As únicas etapas que vos posso queimar são as horas gastas em algumas viagens pela 'net, apontando-vos a direcção exacta, o caminho mais curto, o X deste mapa de que vos falo aqui hoje (haverá muitos mais mapas por aí...).

O que cada um de nós consegue fazer com o tesouro que encontra... é outra questão completamente diferente!

Ontário:

Currículo Nacional

Literacia e Numeracia

Ferramentas para o Professor

Estratégia para o Sucesso


Parece pouco, mas é um universo a explorar.

Por entre o muito disponível, vejam alguns exemplos do que falo, e que podem ser encontrados dentro dos "links" anteriores:

Teaching and Learning Mathematics – The Report of the Expert Panel on Mathematics in Grades 4 to 6 in Ontario, 2004 (existem dois documentos semelhantes a este, um para o 1ºC e outro para o 3º. Vale a pena ler)

E, em escadinha descendente, alguns exemplos mais específicos do que se pode encontar dentro do Currículo:

Elementary Mathematics - The Ontario Curriculum (por anos)

Mathematics - The Ontario Curriculum – Exemplars Grade 5

Teacher Package
Samples/Level1
Samples/Level4
Tudo gotinhas num oceano vasto. Há que explorar...
(Podem, também, encontrar-se muitos documentos destinados a ajudar os pais a acompanhar o percurso escolar dos filhos e outros textos diversos, de carácter mais genérico, para todos os envolvidos.)
Boas aventuras!

Uma nota (um desabafo?) - Este ano estou a ter muita dificuldade em encontrar o tempo necessário para a auto-formação que tanto prezo e que me tem sido tão útil para crescer como pessoa e professora. Gastava eu tempo da componente individual nesse projecto pessoal de crescimento, porque sabia que o ECD assim mo permitia. Agora parece que só me permite fazer o essencial "da coisa". Ver uns testes, preparar umas aulas de variadíssimas coisas (entre elas a Matemática, que parece que é muito importante), dar aulas, ser Coordenadora dos DTs sem horas de redução, ser DT, dar Apoio de Matemática (que substituíu as aulas de substituição), frequentar reuniões intermináveis de Conselho Pedagógico, reuniões de DT, reuniões com Pais, reuniões de Departamento, reuniões de Grupo, reuniões de Conselho de Turma, frequentar uma Oficina de Matemática... enfim, parece um exagero, mas é exactamente a minha vida este ano (sou das que tem, ainda, apenas 2 tempos de redução do ECD). Talvez por isso estes fins-de-semana sem descanso, para poder acrescentar saber e sabor ao ofício (e para ajudar a construir o blog dos meus meninos e preparar-lhes outros mimos). O futuro? Esse parece incerto. O pesadelo só começou agora... (Ainda tenho alguma energia acumulada de anos anteriores... chegará para quantos mais?)

4 comentários:

EdMartinho disse...

Este blog começou apenas há uma semana, e vejam onde já vai e por onde tem andado. Segura indicação do muito e bom trabalho que esta Professora tem feito... nas horas (ditas) "vagas".
No post de apresentação, comentei: "Cá ficamos à espera...". Eu sabia do que estava a falar...
Um abração

3za disse...

Eu só posso agradecer...
tem sido um tempo de actualização e aprendizagem grande na área das novas tecnologias (neste arranque confesso que gastei umas horas até me entender um bocadinho (o suficiente, para já)com a linguagem em html para poder personalizar a página e explorar as potencialidades deste instrumento (também para poder ser agente de formação dos alunos). Tudo isto em simultâneo com a organização e partilha do muito que acumulei entre mãos ao longo dos anos. Já percebi qual a vocação deste tempo de teia. É um álbum de momentos que normalmente acabam fechados em dossiers e na minha memória, sem grande utilidade para os outros. Assim posso eventualmente ajudar alguém enquanto me ajudo a mim, organizando ideias, materiais, produções. Uma memória que ficará e perdurará pelos anos. O poder das novas tecnologias é assim... o educador não pode dar-se ao luxo de se deixar adormecer, correndo o risco de abrir um fosso entre si e os seus alunos, que nunca mais consegue ultrapassar...
Obrigada e Beijinhos a todos por aí!

PP disse...

Para te ajudar na procura do graaal, o ministério da educação elaborou e divulgou o relatório relativo ao exame de matemática realizado no ano anterior. Para consultares basta ires a www.gave.pt
até breve

3za disse...

Já lá estive... Vamos usar precisamente a informação do GAVE e do PISA na OFICINA de formação. Obrigada pela dica!
Nem um minutinho para tricotar cachecóis! Uff