sábado, janeiro 17, 2009

Não entregar os Objectivos Individuais - razões

Via 'Umbigo
Comentário No Público





Acrescento que, entre muitas outras razões, um modelo e uma escola que penalizam os professores na sua avaliação por faltas dadas a servir a causa da educação não é coisa séria e prejudica fortemente aquilo que deveriam ser "os objectivos individuais" (estarão escritos nalguma folhinha de papel?) do Ministério para melhorar a qualidade da educação e do trabalho nas escolas. (Ontem, para apresentar a comunicação no evento de apresentação do Scratch no Sapo Kids, tive uma falta que me retiraria a hipótese de ser excelente, já que é preciso 100% de assiduidade para tal... e encontrei um colega de outra Escola, coordenador TIC - foram convidados para o evento - também a faltar por conta das suas férias por não lhe ter sido justificada a falta de outra forma.)

A única nota triste do bonito dia de ontem é que as palavras Escola de Azeitão, alunos, professora foram várias vezes falados mas, como me dizia esse colega, aparentemente estávamos ali apenas em representação pessoal (fomos obrigados a usar um dia de férias para tal...) e não do Ministério da Educação nem da escola onde estamos.

Não consigo calar estas injustiças, mas posso com palavras e gestos dizer da minha tristeza e revolta.
Um sistema que conta pontos sem nexo, cria avaliadores quase por geração espontânea e penaliza quem mais se dedica, não me merece confiança. Isso não significa que trabalhe menos, já devem ter percebido. Renasce-me a esperança sempre que leio as notícias e as posições de muitas escolas país fora que se conseguiram organizar para dizer não de forma clara e alta. Bem hajam por isso.
Poucos ou muitos, ajudaremos no possível não entregando os nossos por aqui. São posições individuais. Cada um aje de acordo com a sua consciência e visão das coisas...

E há quem faça muito mais...

Demissão da nossa Presidente do CE
A Presidente do CE da Esc. Sec. Seb. da Gama
(Setúbal) anunciou hoje numa reunião Geral de Professores que irá pedir a demissão do cargo no dia 21 de Janeiro de 2009. Este anúncio foi recebido pelos professores presentes com uma salva de palmas. ver aqui
AQUI

8 comentários:

Herr Macintosh disse...

Como é que um governo que não cumpre os objectivos que traçou e com que foi eleito pode exigir o que quer que seja aos seus funcionários? Se a equipa do ME fosse avaliada pelos seus objectivos teria negativa em toda a linha (com a excepção do objectivo em que se comprometiam a perder o respeito dos professores - nesse teriam Excelente +).
Ontem acabei por não ter hipótese de alterar as coisas que tinha para fazer e não pude ir à apresentação :-( mas vejo que tudo correu bem.

3za disse...

Tinhas gostado... mas eu sei bem o que isso é... :) Fica para a próxima! Estiveste lá de outra forma.

Anabela Magalhães disse...

Importante o teu post, Teresa, pois é um testemunho da aberração desta avaliação engendrada pela tutela.
Levei-o para o meu blogue.
Obrigada
Bjs

3za disse...

Obrigada. Partilhar ajuda...

EMD disse...

Logo tu que dás diariamente provas de excelência. Por isso escreves o que escreves, como escreves e ages em coerência com a palavra.
Esta foi mais uma das tuas magias excelentes. Fico feliz por ti e pelos pequenos. Apesar do absurdo da falta.

3za disse...

Pois...

IsabelPreto disse...

Isa diz: 3Za sou novata nesta história de blogues, mas queria agradecer tudo que partilha, neste maravilhoso "tempo de teia"...Também partilho consigo uma paixão enorme pela Escola e pelos meus pequenitos, tendo-me apoiado aqui para criar o meu Blog, que nasceu há pouco. Obrigada

3za disse...

Isa... estas são as alegrias que sinto, quando sei que posso ser útil de alguma forma e semear algumas vontades e entusiasmos com o meu. Sei que somos muito mais assim... com esta dedicação entranhada bem dentro. Força! Vais ver que o caminho da blogosfera pode ser muito bonito e útil. Algumas das pessoas mais especiais que conheci... conheci-as por causa de um fio de seda que aqui veio dar... ou que segui até alguém. Depois disso, já estive com algumas presencialmente, mais do que uma vez, e a afinidade de alma é imensa. Bendita a hora em que comecei a tecer... :)Vais sentir o mesmo...
Beijinho e obrigada pelas visitas e pelas palavras que me deixaste. Alentam...