quarta-feira, abril 04, 2007

Não chega já?

Dei com ele a espreitar à porta... Já ali devia estar há tempo. Olhos de: Não chega já de estatísticas da BE? Não te parece que chegou a hora da comidinha? Que tal tratares de nós? É sempre discreto, este Jasmim. Sereno. A Peggy já me veio dar com a pata várias vezes. O Clóvis instalou-se em cima do digitalizador e começa a caminhar de lá para o colo e do colo para lá. A Pantera teve direito a refeição ao almoço e, por isso, a fome ainda não apertou. Dorme descansada. A Maria (chinchila) sabe que chegarei mais tarde. O Zoo tem esta coisa boa de me obrigar a levantar e a interromper os afazeres tecnológico educativos.
Chega sim. Já chega. Está acabado! Vamos lá todos comer!

Pensavam vocês que eu estava aqui apenas entretida a brincar com o computador...
Merecia, pois... que ainda estou a haver horas de descanso por conta das horas a mais que dei (e a Páscoa deveria servir para acalmar a aceleração da cabeça e do corpo), mas foi isto que estive a fazer
http://creazeitao.googlepages.com/Estatisticas2P.doc
(além de um documento-síntese com fotos legendadas, para expor na Feira das Bibliotecas Escolares de Setúbal).

O trabalho é como as formigas... (desculpem lá, formiguinhas, esta visão de terror tão pouco simpática para o vosso reino)... matam-se... matam-se... mas há sempre mais para matar...
E se não se matar, acumula-se (algo que considero pessoalmente insuportável... seja trabalho ou formigas...).


1 comentário:

Fantasias Do Estrelar disse...

O Jasmim é um gato muito bonito
lembra-me o meu Anubis cinzento e branco com olhos azuis sempre a querer festas.