quinta-feira, janeiro 31, 2008

O beijinho e a razão...

A minha turminha GTScratch. Ontem ficha de avaliação de Ciências - 5º ano. Chamo-lhes os (meus) gatos - em homenagem ao símbolo do Scratch (quando precisamos da atenção de todos concentrada na minha voz, na sala de informática, chamo: Gatos!!!)
Alguns acabaram um bocadinho mais cedo.
Enquanto uns liam o manual, avançando na unidade que se segue e outros escreviam no diário de campo, a F., de transferidor na mão, triângulo equilátero esboçado sem muito rigor no diário de campo do scratch, vem pedir-me baixinho (havia colegas a fazer ficha) que a ajude a perceber o porquê do ângulo de viragem (externo) ser 120º e a razão pela qual no transferidor aparecia também ao pé do 120º um 60º, que era a medida do "ângulo de dentro" (interno).

Ajudei. Expliquei. Ela sabe já mover o transferidor e usou-o com perícia no projecto de construção do pentágono no Scratch. Ao invés de outros que lá chegaram por tentativas, ou por conta de erros que levaram a descobertas novas, ela esboçou um pentágono no caderno, usou o transferidor e disse-me que eram mais ou menos 70º... experimentando, ela e a M., parceira de grupo, rapidamente perceberam que o valor correcto era 72º. Falámos nessa altura de estimativa, da qualidade daquela que tinha feito e que lhe tinha permitido fazer a descoberta da rotina de programação que constrói um pentágono regular .


Sentadinha ao meu lado, lá utilizámos o transferidor tentando clarificar os mistério, escrevi, risquei, expliquei, falámos de ângulos suplementares... ficaram no caderno estes rabiscos.



Não satisfeita, ainda pediu:
E se eu quisesse desenhar um triângulo mesmo certinho que eu soubesse que os ângulos de dentro eram mesmo 60º.
Tens compasso?
Sim.
Vai buscar.
Cumpri o desejo. Mais um rabisco no seu caderno diário. A alegria mal contida dela.



Antes de se levantar, lançou-me os braços ao pescoço e deu-me um beijinho doce na face. Obrigada professora.
(A F. é uma aluna que no início do ano confessou não gostar de resolver problemas... "tenho receio" dizia.)
.
Depois de em Estudo Acompanhado, também ontem, ter ensinado dois alunos a colocar o sitemeter nos seus blogues pessoais criados há dias (estão entusiasmados) e de ter os alunos em volta com dúvidas e vontade de aprender mais coisas (entre elas como fazer um blogue para divulgar os projectos e o diário de campo), decidi transformar um tempo meu pouco útil e rentabilizado na escola, noutro tempo que, embora menos favorável pela localização no horário, se cola a um tempo livre desta turma depois da última aula de segunda-feira. Podem assim vir ter comigo depois das 15h para fazermos exactamente isto e muito mais: blogues, scratch, matemática, correio electrónico, sitemeter, eu sei lá! Se lá tenho de estar, que seja a fazer algo por eles, algo que queiram, de que precisem, mesmo que isso implique sair mais tarde e ficar com mais furos pelo meio (nesse dia entro às 8:15 e passarei a sair às 16).
Expliquei-lhes a ideia: não é obrigatório, mas pensei nisto hoje, se vocês quiserem estarei sempre aqui... Alguém pode e pensa que de vez em quando vai aparecer, para eu poder falar no Conselho Executivo?
Todos os dedos no ar.
.
É assim que quero gastar o meu tempo. Ao serviço deles e não de políticas retalhadas que esvaziam a escola de sentido e são concebidas por quem se esquece do mais básico e elementar:
nas escolas há... alunos!
(Que precisam de tempo, do nosso tempo, da nossa maior e melhor energia...)
.

7 comentários:

Anónimo disse...

Estamos todas na mesma estrada...

P'ra não dizer que
não falei de flores
Geraldo Vandré

Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...

Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não...

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...

MM

IC disse...

Ai... Caminhando e cantando, do Vandré! :)))

Já volto.

Pronto, achei (eu sabia que a tinha no meu cantinho!)
aqui

:)
Teresa, se não tens e quiseres (ou mais alguém), diz, que eu vejo onde a alojei.
Beijinhos

3za disse...

Lindo, lindo... Quero quero quero... :))
Beijinhos

IC disse...

Já te enviei email. Se o endereço que mandei resultar e alguém mais te pedir, dás.
Beijinhos

Raul Martins disse...

Obrigado pelo incentivo Teresa,

Entrei neste comentário para agradecer a sua visita em Por Um Mundo Melhor. Tentei responder por mail mas veio devolvido. Talvez não o tenha feito da forma correcta.

Estou a dar os primeiros passos e mais dificil se torna quando se percebe pouco destas lides das informáticas mas sem dúvida alguma que só arriscando conseguimos alcançar os nossos sonhos. Quanto mais não seja para nos exercitarmos na escrita e partilharmos os nossos sentimentos sobre coisas em que acreditamos ou queremos que sejam melhores.

A ligação de fios de seda com o seu recanto é porque é um dos espaços onde gosto de ir e apreciar o que vai fazendo com os seus alunos e sentir o entusiasmo que coloca nas suas tarefas ou ler coisas lindas como as que escreveu e que transcrevo aqui:

É assim que quero gastar o meu tempo. Ao serviço deles e não de políticas retalhadas que esvaziam a escola de sentido e são concebidas por quem se esquece do mais básico e elementar:
nas escolas há... alunos!
(Que precisam de tempo, do nosso tempo, da nossa maior e melhor energia...)

Eu queria fazer uma ligação no meu Blog a essa sua reflexão mas ainda não sei fazer isso (penso que percebe o que eu quero dizer!). Hei-de descobrir. Também aceito dicas.

Bem, até uma próxima!

Carpe diem!

3za disse...

Obrigada eu, Raul, pelas suas palavras.
Não percebo por que razão o mail veio devolvido, em todo o caso, fica aqui teresamar@gmail.com.

Para fazer uma ligação directa a uma entrada, na maioria dos blogues, basta clicar no título dessa entrada e ela surge isolada das restantes - em destaque sozinha no écran. Depois é só copiar o endereço lá de cima que corresponde a essa entrada e usá-lo. Noutros, como o meu (velhote coitadito), terá de clicar sobre a hora, embaixo da entrada, ou outro qualquer local onde surja a palavra permalink. Mais uma vez a entrada fica isolada e depois é só copiar o endereço e colá-lo onde desejar (ou colocá-lo como "link" associado a uma palavra ou imagem). Enfim... espero não ter sido muito confusa nas minhas explicações!
Bem haja! Bom trabalho!

Anónimo disse...

buy pepcid ac
[url=http://www.wikio.com/article/buy-pepcid-online-buy-cheap-pepcid-139713077]buy pepcid ac[/url]
buy pepcid ac
discount levitra levitra side effects impotence man impotence advice levitra 2007 levitra prescribing impotence
[url=http://levitra.typepad.com/]impotence drug [/url]
impotence man
buy levitra compare cialis levitra viagra viagra vs levitra impotency new drug levitra what is better viagra or levitra info levitra
[url=http://virb.com/yalevi]cheap levitra [/url]
generic softtabs
z pak cheap zithromax zithromax without prescription zithromax dosage azthromycin buy zithromax generic zithromax online
[url=http://virb.com/bono]take zithromax [/url]
zithromax treatment
buy lasix message boards buy lasix no prescription buy lasix ship next day buy lasix online overnight shipping buy lasix online with overnight delivery where to buy lasix in mexico buy lasix without a prescription
[url=http://www.magentocommerce.com/boards/viewthread/63722/o]buy lasix message boards [/url]
where can i buy lasix
-------------------------------------------------------------------
[url=http://fotak.ru/stats.php?r=tempodeteia.blogspot.com]my blog[/url]
blog my