quarta-feira, julho 02, 2008

Metáforas de madeira... em jeito de balanço

Fui respirar lá para os lados do jardim de madeira viva do meu mano...
Ai tanta metáfora ao não bom de muitas medidas do ano que passou! (Claro, são os meus olhos a ler...)
.

Muitos palhaços diferentes (palhaçadas)
Uma planta carnívora (dentadas)
Um gigante conversando com um anão (desproporcionadas)
Uma... gargalhada (alucinadas)
E, até, bowling de pregos felizes e parafusos tristes... (entendam como quiserem)

Simbolizando a ternura de todo o lado humano e bom do ano que passou...
O ninho


E, depois de um ano duro e longo, nada como umas férias na neve e um pouco de asa delta para acalmar as emoções e renovar a energia para os tempos complicados que vêm por aí, com todas as suas desinteligências acumuladas sob a forma de leis, normas e impressos para preencher.
.
Tudo isto e muito mais em:

2 comentários:

Raul Martins disse...

Fazes bem em, de quando em vez, nos levares a tomar ares para a bandas do teu mano. É genial!
.
Carpe diem!

3za disse...

É o melhor mano do mundo! :)
Genial, sim...
Claro que se associam a estes... dotes de desenho... de escrita... veterinário polivalente e um excelente ser humano...
Orgulho imenso.
Abraço!