sexta-feira, fevereiro 02, 2007

Podemos fazer hoje o "exame"?



Os muitos candidatos inscritos para desempenharem as funções de monitores da BE-CRE estão entusiasmados. Estudam as informações disponibilizadas na página da internet, treinam na Biblioteca nas horas possíveis, esclarecem dúvidas. Sabem que o dia chegará em que terão direito ao cartão que oficializa a sua integração na equipa do reino encantado dos livros...

Hoje tinha quatro (5º ano) à espera ansiosos. Já estamos preparados, podemos fazer o exame?
(Na brincadeira temos chamado exame de código e de condução à prova que precisam de prestar... teoria e prática... não é preciso saber já tudo, mas há que ter uma boa base de partida...)

Pode ser... vamos lá a isso. Sentem-se aqui comigo.
Ai que estou nervoso (dizia o único rapaz)...
E se não soubermos responder a uma pergunta? Voltamos para a semana?
Uma pergunta falhada não é grave. Se não correr bem no geral, têm nova oportunidade.
Podemos começar?

E começámos. Este grupo pretende apoiar o sector de leitura informal e o de leitura, pesquisa e estudo. Fiz perguntas... dedinhos no ar (acreditam?). Deslumbrei-me com o rigor das respostas. O pormenor. O cuidado. A seriedade, o empenho. Parecem tão pequeninos e no entanto...Temos de ser assíduos e pontuais e vir sempre nas horas que marcámos no horário. Temos de estar atentos à arrumação dos livros, saber onde eles se encontram. Saber aconselhar onde pesquisar um certo tema... e mais isto e mais aquilo... reunir, pensar em actividades de animação, dar sugestões para actividades ou melhorias, motivar os colegas para a leitura, ajudar na formação de novos monitores, tanta coisa mais...

Alguns já dominam a relação cores-temas da CDU... vão fazer cartõezinhos portáteis para terem sempre consigo... vão fazer impressos para justificarem as faltas... estão cheios de ideias.
No final pedi à D. Isabel, a nossa experiente auxiliar, para fazer o teste prático... lá foram encontrando os livros pedidos, identificando as prateleiras com livros de um determinado tema...

Passaram a prova. Felizes. Vão trazer foto. Vamos fazer o cartão e plastificá-lo.
.


E podemos ser monitores, se quisermos, até ao 9º ano?
Podem sim. Vamos renovando o cartão enquanto tiverem vontade. E será bom porque vão aprender muito e poderão ajudar cada vez melhor os outros...
.

Mais do que saber encontrar um livro, ou conhecer as cores da CDU, descobrem aqui, exercitando-a, a aprendizagem da cidadania no altruísmo do voluntariado, na cooperação, no amor e respeito pelos livros e por este espaço mágico, na necessidade de trabalhar por um sonho, na importância de participar com criatividade, alegria e empenho na construção de melhores dias...

Por outras palavras: crescem e é doce vê-los crescer.
Há lá melhor aula?
.
Hoje:
Uma luz acesa. Um sabor a açúcar. Gostinho bom a ternura.

Chamemos-lhe esperança.

2 comentários:

IC disse...

Fico sempre tão contente (para não dizer emocionada) quando nos teus posts se percebe (e percebe-se muitas vezes) essa convicção de que eles correspondem quando acreditamos que conseguem ser mais crescidos do que parecem ou se julga...
Nem todos correspondem? Pois sabemos que não - quem consegue lutar contra as várias condições adversas a isso de tantas crianças por este país fora? (Os professores não fazem milagres, mesmo que consigam algumas maravilhas). Mas julgo que compreendes porque é que no meu cantinho sempre esteve uma frase, tipo lema - não por ser bonita mas romântica, mas porque exprime uma verdade que só a falta do "ambiente propício" global impede de demonstrar.

3za disse...

Com um ambiente propício e um tudo-nada de confiança, as crianças iriam até ao fim do mundo.
(C. Freinet)
Sempre gostei de me encontrar com esse pensamento no teu cantinho. Exactamente porque acredito.
E como acredito eles lêem isso nos gestos. E como lêem... acreditam... e como acreditam voam.
Tal como tu costumo dizer que, com as certas condições... muita coisa se demonstraria. Beijinhos