quarta-feira, fevereiro 28, 2007

A matemática... da vida


Aqui às voltas a ultimar os preparativos para o encontro de sábado na ESE... dei com um pequenino problema que necessitou de intervenção matemática para ser resolvido.
Para além de uma espécie de blogue de apoio, que senti necessidade construir, criei também uma espécie de slideshow...
Claro que quis incorporar o dito slideshow no dito blogue (utilizando para o efeito o www.slideshare.net/ ), para que no final do encontro todos possam aceder ao que disse, não disse, queria dizer e etc. e tal (que 20 minutos, naturalmente, sintetizam apenas o essencial de um ano). E, claro, permitir a quem não conseguiu estar presente, mas gostaria de ter estado, ter acesso a tudo o que por lá deixar (só divulgo depois de sábado, claro).
.


Regressando ao que interessa (estão a ver por que razão estou a tentar organizar-me? Esta tendenciazinha para deambular...) ...depois de colocar a apresentação no blogue percebi que era grande demais (dimensões da janela de apresentação) para o template que escolhi e desconfigurava tudo, empurrando a coluna da direita para o fim.
.

Lá fui consultar o código html...
E percebi que existiam uns números que significavam, por certo, as dimensões da janela: 425 e 338 ...
E se?

Resolvi alterar 425 para 400 mas, para manter a proporção, houve que aplicar a nossa famosa regra de "três simples" e encontrar o 328 como parceiro adequado para o 400.

Bem... estão a ver isto numa aula? Investigar a regra, descobri-la... perceber a sua lógica ao invés de a receber com melhor ou pior estratégia de abordagem...
testar ao vivo... perceber os efeitos de pares de números não adequados...
Seria tão bom que tivessemos tempo para pensar/inventariar situações enriquecedoras em que os alunos pudessem sentir necessidade de aplicar em contexto motivador (como são, por exemplo, as TIC) alguns conceitos e procedimentos matemáticos...
E, já agora, bom seria também ter turmas com dimensão adequada para tal... quase 30 alunos, parece-vos viável?

Ah se seria bom! (Há-de ser bom um dia...)
.

Falei de tempo? Número de alunos?
Pois.
Outra matemática.
Mas parece que a componente individual anda a (não) chegar para pouco menos do que ver umas resmas de testes, ir a umas resmas de reuniões, preencher umas resmas de papéis.

Hoje será... uma reunião com um EE e, mais tarde, CT intercalar... amanhã reunião de departamento... tudo, claro, feito com os dois tempos semanais para reuniões... tipo... hora e meia. Hummm... Mais um CP brevemente - nunca menos de 3 a 4 horas, às vezes mais (e brevemente reunião do outro departamento a que também pertenço)... que matemática será esta? Por conta de todas as reuniões desde o início do ano tenho saldo médio a haver para mais uns anos (imagino os professores com, por exemplo, 7 turmas)... a média, como calculam, não dá dois tempos por semana. A algum lado se rouba para que tudo apareça magicamente feito e bem feito. Sem pontos... sem pontos...

Têm, pois, de me desculpar o breve azedume final desta entrada.
Um misto de gripe com o resto todo que contamina.
A matemática da vida.

Mas o sol está ali mesmo a nascer e é uma visão grandiosa. Animadora.

Já viram que a Primavera anda a querer dar um ar da sua graça?

.



E tudo parecia tão morto... (lição de esperança para nos dar energia.)
Estou a sorrir. Conseguem ver?


(fotos acabadinhas de tirar no jardim: cerejeiras, marmeleiro, macieira, brincos de princesa... fios de seda em todas elas... teias e teias de persistência. )

3 comentários:

ilda disse...

...a minha filha dizia-me hoje de manhã que a disciplina preferida dela era matemática :D, perguntei-lhe e a lingua protuguesa? porque até agr era essa a preferida...ela respondeu, a professora de LP desmotiva-nos :( pena que nem todos os professores se motivem nos alunos, pena que as turmas tenham 30 alunos...com tantos professores (talvez mais motivados) sem colocação...pena em relação ao que se está a passar com o ensino e não só...espero que aqueles que ainda se motivam com os alunos e com o retorno deles não baixem os braços....porque ai seria o caos...força Teresa e olhe para os seus meninos porque eles lhe colocarão um sorriso nos lábios...
beijinhos cá do sul...
e qq dia receberá uma surpresa...tivemos uma sessão (PapalivrosII)linda graças à Teresa ;)***

3za disse...

São eles que me colocam TODOS os sorrisos que faltam... é uma renovação constante. Uma Primavera em cada dia.
Muitos professores não baixarão os braços... precisamente em nome deles! Dos nossos alunos!

E... supresas... humm... logo eu que gosto taaanto delas!!! ESperarei pacientemente...

Obrigada pelas visitas, pelos mimos, pelas palavras carinhosas com aroma doce a Alentejo.

Beijinhos aqui desta espécie de centro-sul... =)

marta disse...

Gosto tanto de aqui vir.
Enches de esperança, mesmo quem a não tenha.
Um bom resto de semana teresa.

beijinhos