domingo, maio 31, 2009

Obrigada, Nuno Pacheco (Jornal Público)

Cego é quem não quer ver.
Surdo é quem não escuta os sinais.
.
Às vezes tenho a dolorosa sensação de que tudo foi cirurgicamente intencional e não se tratou apenas de um colossal erro devido à mais absoluta ignorância do que é a escola e a educação.
(... Uma geração despreparada e acrítica é mais facilmente manipulável, ou não? Uma escola gerida autocraticamente garante à tutela o supremo controlo, ou não? Dividir para melhor reinar, certo? Tristes tempos...)
.

(Descobri o texto no canto da Anabela Magalhães )

4 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Cada vez estou mais convencida que foi tudo preparado. Só que os nossos queridos governantes desvalorizaram a nossa capacidade crítica e a nossa capacidade de resistência, até porque jamais lhes tínhamos mostrado semelhante exercício de elevação. Isto por um lado. Por outro, não contaram com a sua própria incompetência. Sim, porque tudo isto foi premeditado mas daí até ter sido bem executado vai uma enorme distância!Embrulharam-se na sua própria pressa, atabalhoamento, incapacidade e ignorância.
Beijinhos, Teresa.
E ontem foi lindo!

3za disse...

Acho que tens toda a razão... foi cirurgicamente pensado mas executado com miserável jeito de talhante inexperiente, mal formado, com faca romba.
A geração crítica, apesar dos medos, ainda habita a escola. E depois de nós?
Foi lindo e espero que nos encaminhe para a necessária luz antes da asfixia ser completa.

Beijinhos

Herr Macintosh disse...

Este governo conseguiu um feito verdadeiramente notável: baixou o nível de tudo aquilo em que tocou. As leis são más e mostram um preocupante desfazamento da realidade do País. As ideias (quando existem) são de jerico. O discurso político de uma baixeza imensa. A atitude de ditador encaputado.

3za disse...

pois...