sábado, maio 23, 2009

As palavras...

... desaparecem quando se saboreiam as (nossas) cerejas.

(mmmmmmm)


7 comentários:

Herr Macintosh disse...

Acho que te vou fazer uma assalto, assim uma espécie de cherriejacking... :-)

3za disse...

:) :) :) (os melros dedicam-se ao mesmo delito...)

rabina disse...

Que pena. Eu gosto tanto!!!...

IC disse...

Já comentei no twitpic para deixares uma para mim ;)

3za disse...

:) :)

(IC, eu vi eh eh eh... o melhor é chegares rápido!)

Isabel Preto disse...

Que lindas! Apetece mesmo comer algumas!
Mas as tuas palavras...Teresa não são exactamente como as cerejas, pois jamais desaparecem...pelo sabor a poesia, permanecem em nós.

3za disse...

Obrigada, Isabel...
Doce...
Beijinhos