segunda-feira, março 19, 2007

Todos os dias são dias de... Pai

Obrigada Pai (cientista) por me teres ensinado o mais importante:

para aprender é preciso duvidar...
é preciso perguntar...
sempre... todos os dias...


Só assim se cresce.


Experiência

Doce de abóbora gila
feito pela Avó
colou o Pai cientista
no vidro daquela janela.
Uma ideia esquisita?
As formigas gostaram dela
e vieram de pantufas
de pijama com pintinhas
sem gritos nem empurrões
em fila organizada
provar que nenhuma migalha
fica desaproveitada.

Não sei se era bem esta
a conclusão a tirar
porque, afinal de contas,
podiam ter vindo apenas
para a janela limpar!


.



.

2 comentários:

julia.m disse...

Não sou muito apologistas dos DIAS...disto e daquilo! mas entendo a necessidade de existirem...
Mas todos os dias são dias do Pai, mesmo quando eles não estão, fisicamente, perto de nós.
Gostei da tua homenagem.

3za disse...

Obrigada Ju! Beijinhos