segunda-feira, dezembro 28, 2009

Lá longe em terras de África

Trinta e dois anos depois regressou a Moçambique onde nasceu e de onde foi expulso por ter assumido nacionalidade portuguesa e ter surgido posteriormente uma lei que não lhe permitia ficar, não porque desejasse vir embora (ficou lá até ser empurrado).
Por um lado família, por outro o cheiro da terra e ainda/sobretudo a criação de protocolos de cooperação com a Universidade (na área das Geociências). Viagem muito desejada. Sarar todas as feridas.
Acabei de receber telefonema do Kruger Park... sim, fotos prometidas, mas sem internet. Ter rede já foi inesperado. Que já fotografou hipopótamos e outras criaturas. Pois. Passagem de ano em grande. Deixo aqui uns hipopótamos do dito parque, recolhidos na net, e fico à espera de receber os outros. Regresso marcado muito para além da altura em que eu regresso à azáfama do costume... Não falto a compromissos, pois. Por isso falo de lá, mas aqui...

2 comentários:

Educps disse...

Adorei seu blog e você é uma mulher muito criativa. Parabéns!

3za disse...

Obrigada... :)