quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Dois pesos, duas medidas... (n)um Portugal?

Ilhas... um universo à parte...

Madeira - novo ECD

O Estatuto da Carreira Docente da Madeira entra hoje em vigor, com claras diferenças em relação ao Estatuto em vigor no Continente, devido ao carácter específico da autonomia das Regiões autónomas.

O decreto legislativo regional, ontem publicado em Diário da República, apenas se aplica aos docentes que dão aulas na Madeira. De acordo com o Estatuto, não é exigida uma prova de avaliação de conhecimentos e competências para o ingresso na carreira, não há hierarquização da carreira em duas categorias (professor e professor titular) e não há quotas no escalão máximo (oitavo) da carreira docente (no Continente, foi estabelecido um limite de Professores Titulares por escola).O Estatuto dos Professores da Madeira estipula que o ingresso na carreira faz-se por concurso, quando no Continente é obrigatória a realização de uma prova de avaliação.

Correio da Manhã

6 comentários:

couto disse...

professora vá á minha galeria tenho um projecto sobre a constituição de uma folha
by:couto

3za disse...

Já fui e já deixei comentário! Temos ali uns errinhos para corrigir mas a ideia é muito engraçada e a imagem muito bonita! Parabéns.

3za disse...

vá À minha galeria. Tenho... (acento! pontuação!)

Herr Macintosh disse...

Como normalmente seguimos o que os outros países fazem, aqui fomos buscar a ideia à China: "Um País, dois sistemas" (proposto por Deng Xiao Ping no início dos anos 80).

3za disse...

Ah! Estou muito mais descansada...

daniel disse...

Mas a prova de acesso à profissão é uma bastante importante. A docência está bastante modificada.

Já o resto era dispensável.