domingo, agosto 05, 2007

De regresso à (minha) música... :-)



Comecei os testes. (Finalmente arranjei um bocadinho de tempo... só mesmo em férias... um aninho inteiro tão afastada da música, nem acredito!)

Para já não me vou meter com o Cubase (continua a ser complicado iniciar o trabalho com um programa que me é completamente estranho e não parece muito intuitivo). Consegui instalar o Cakewalk Pro 9, que é aquele com que sempre trabalhei, mesmo sem o conhecer e explorar em profundidade (faço o mínimo) e lá comecei as experiências.

Peguei numa canção antiga (Desencontro) a precisar de uma segunda voz aqui e ali, de um efeitozito e de reforço de som de voz para maior equilíbrio com a guitarra (acreditam que faço copy paste à voz e é como se a minha voz cantasse sobre si própria as vezes que eu quiser? Um coro de mim? Só truques...). Pretexto para testar o software, o micro, a guitarra, a placa, a consola externa que vem com a placa...

Vou deixar aqui, um pouquito envergonhada, o resultado final da experiência... só para perceberem as potencialidades e verem que não é muito complicado criar um mini-estúdio em casa - se não sentirem vocês a motivação, para os filhotes e alunos pode ser engraçado...(claro que isto tudo, já sabem, é sempre sempre muito muito muito muuuuito artesanal... não se esqueçam de que eu não toco guitarra... faço as "posições" :) que (praticamente) toda a gente sabe fazer (aprendidas na adolescência com os amigos) e depois invento canções sem grandes aventuras, conhecimentos, nem preciosismos de composição. Só o ouvido a funcionar e um gravador portátil para não me esquecer do que vou inventando quando a inspiração surge.)

Enfim! Podia dar-me para alguma coisa pior...











4 comentários:

Helena disse...

Para melhor queres dizer. Parabéns não só pela voz, mas pela letra. Adoro receber o rss da teia, cresço sempre mais um pouco. Adoro música, não sei viver sem ela (apenas ouvir :).

3za disse...

:)
Obrigada pelas visitas e pelo carinho... Bom saber que estão por aí... que alguém escuta...

Margarida disse...

Teresa,

O que é que não sabes fazer?

Beijinho e continuação de boas férias

3za disse...

Tanta coisa Margarida, tanta coisa... mas confesso-me uma fã do "experimentar"... o máximo que consiga... e estas coisas mais ligadas às artes... a escrita, o pintar na brincadeira umas aguarelas, o cantar e tocar... vem da infância... Foi uma aflição escolher um curso... queria tudo ao mesmo tempo :) Ainda hoje não sei bem que caminho é o meu... mas aprendi a aceitar esta alma divergente que me foi entregue à nascença.
Beijinhos e boas férias para ti também!