sábado, agosto 25, 2007

Eduardo Prado Coelho



Não é adeus. Não é.

3 comentários:

subROSA disse...

Definitivamente... não é adeus!

Margarida disse...

Não é, não deve e não pode ser um adeus.



(Também passei para deixar um abraço e desejar um bom regresso ao trabalho)

3za disse...

Abraço a ambos...