sexta-feira, agosto 03, 2007

Dos ouvidos às mãos e aos pés... pelo corpo todo.

O Verão é assim...
A música vai rodando dentro dos nossos ouvidos e não podem faltar nela as declarações mais bonitas e cássicas! As que imaginamos são escritas a pensar em nós (estou a sorrir, conseguem ver?).
E quando elas aparecem perdidas no leitor de mp3 os pés mexem, as mãos movem-se ao ritmo certo e quem está à volta pode apenas tentar adivinhar que som invisível se entranha assim com tantos efeitos secundários...
Pode. Mas dificilmente acertará.

Portanto, se alguém me apanhou nesses ritmados (incontroláveis) movimentos, esteja certo de que podia estar a ouvir isto:




ou isto:







Ou outros sons que nos entram pelos ouvidos e saem pelos pés e pelas mãos, depois de os fazerem ondular, dançar, rir-se.

Que vício este da música!



(...)
Se eu fosse compositor
compunha em teu louvor
um hino triunfal
se eu fosse crítico de arte
havia de declarar-te
obra-prima à escala mundial
mas eu não passo dum homem vulgar
que tem a sorte de saborear
esse teu passo inseguro
e o paraíso no teu olhar.
(...)

Jorge Palma
Dá-me lume

2 comentários:

Fátima disse...

Mais de vinte dias quase sem Internet, volto e encontro tudo isso aqui! Estou tentando visitar os blogs amigos e atualizar informações.
Abraços.

3za disse...

Volta sempre Fátima! Ainda bem que recuperaste a internet... eu ficava perdida... :)
Beijinhos