terça-feira, dezembro 26, 2006

Ler... Ler... Ler... preciso...

História do Rei Transparente... livro recebido ontem. Prenda de Natal, claro.
E se eu gosto de receber livros! E de os oferecer também...
Rosa Montero, pois...
Levei-o logo para a cama e bastaram-me algumas poucas páginas para perceber que não poderei escapar de mais esta aventura...

.





Estou condenada a mais um encantamento.
Deixei o culpado ali no quarto ao lado para me afastar da tentação e, desde cedo, vou pondo ordem na vida e nos papéis, resistindo estoicamente ao apelo. Aproxima-se a hora que divide o dia em duas metades e em que me concederei mais umas páginas, antes de regressar às tarefas acumuladas
. E, mais logo, oferecer-me-ei nova viagem e partirei até à Idade Média sem sequer dizer adeus.

Vai saber-me bem roubar uns minutos à vida... acrescentar-lhes palavras novas e devolvê-los depois às memórias feitas de histórias que não são as nossas.
Ler é a única forma de viver mais tempo do que o tempo que nos é concedido.


Considerado pela revista Qué Leer como o melhor romance espanhol de 2005.

Sob uma pele de ferro, o coração de Leola palpita por aventura, e a sua coragem leva-a numa turbulenta viagem rumo à liberdade.Num tumultuoso século XII, Leola, uma camponesa adolescente, despe um guerreiro morto num campo de batalha e veste as suas roupas para se proteger sob um disfarce viril. Assim começa o vertiginoso e emocionante relato da sua vida, uma peripécia existencial que não é apenas de Leola mas também nossa, porque este romance de aventuras com ingredientes de fantástico fala-nos, na verdade, do mundo actual e do que todos nós somos.
A História do Rei Transparente é uma insólita viagem a uma Idade Média desconhecida, relatada de uma forma tão vívida que quase se consegue sentir na pele, uma fábula que comove pela sua grandeza épica. Original e poderoso, o novo romance de Rosa Montero tem essa força transbordante dos livros destinados a converterem-se em clássicos.
http://www.asa.pt/produtos/produto.php?id_produto=898836


Rosa Montero
O sabor das histórias
Por Maria João Martins

(Visão online
Jornal de Letras)

Usa as palavras com uma ênfase não desprovida de rigor. Nascida em Madrid há 55 anos, Rosa Montero, jornalista e escritora, é uma mulher afirmativa que consegue «encaixar» dezenas de ideias numa conversa breve. Fá-lo sem evidente assertividade, mas com a segurança de quem toda a vida se pautou por uma grande determinação. Jornalista do diário El Pais desde 1976 (ao serviço do qual ganhou, em 1980, o Prémio Nacional de Jornalismo) passou a dividir as suas atenções profissionais entre o jornalismo e a literatura, quando, há alguns anos, se fartou da «ditadura» da agenda editorial e do ambiente das redacções para escrever só o que realmente lhe interessa. Já publicou as novelas A Filha do Canibal; Amantes e Inimigos e A Louca da Casa, tendo também reunido em dois volumes crónicas escritas para El Pais: Paixões e Histórias de Mulheres. História do Rei Transparente (editado pela Asa) é uma incursão no romance histórico em que Rosa Montero manifesta a sua fé no poder da palavra e do saber.

ler a entrevista em:
http://visaoonline.clix.pt/default.asp?CpContentId=332375




2 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Eu estou com "A Louca da Casa"!

3za disse...

Pois... a Louca da Casa... O meu favorito desde que o descobri há um par de anos... leio, releio... estou sempre a descobrir coisas novas nele... gostava de o ter escrito (já o recomendei aqui).