quarta-feira, dezembro 06, 2006

Combatemos melhor sendo melhores


Nem todos conhecem bem (a extensão e alcance d)o trabalho do nosso prémio de ilustração 2005 - Gémeo Luís.


Recuperei este artigo que hoje partilho.

Razões?

Ainda no rescaldo da festa e porque é tempo, para todos nós, de olhar para cima e deixar de contemplar os pés. De perceber que há céu, que há ar, que os professores são seres excepcionais, que os alunos não são ignorantes, que nem tudo é cântico triste ou fado desgraçado à nossa volta.

Lutar por dias mais claros tem de se fazer com alegria, com orgulho, de cabeça levantada, com convicção, com coerência, com ânimo, com confiança. Não há absurdos que se sustentem a si próprios. Se combatermos com inteligência a insensatez, acontecem os sonhos.
O contrário é um futuro que até o meu optimismo receia. Porque deixar de acreditar é entregarmo-nos nas mãos dos outros. É aceitar que sejam os outros a decidir os nossos caminhos.

A força vamos buscá-la onde ela estiver, porque não nos faltam exemplos de entrega à nossa volta.
Combatemos melhor sendo melhores. Porque é a voz segura dos melhores que chega mais alto.

Sei o que tenho a fazer.

Sei que muita gente o sabe também.
Por isso acredito em nós.

http://www.youtube.com/watch?v=0UWmtbrciWs

2 comentários:

imaz disse...

Pois...
Como dizia Miguel Torga
...Basta que nos momentos de terror,
Persistente,
O ânimo enfrente
a fúria de qualquer Adamastor...

3za disse...

... tu também sabes bem como é! Se não for assim... não há maneira... beijinhos