terça-feira, janeiro 05, 2010

Histórias com regaço...



Ofereceram-me.

Doce e precioso. Não só por causa das palavras, como da intenção que presidiu à sua criação... Livro para oferecer muito... a muita gente... quanto mais gente melhor...



ver AQUI

Póvoa de Varzim, 23.11.2009 - A Casa do Regaço, Centro de Acolhimento Temporário de Crianças e Jovens em Risco, lança publicamente, a 26 de Novembro, às 19h00, no Casino da Póvoa, o livro "Histórias com Regaço", com o apoio da autarquia poveira.

O livro é uma colectânea de contos infantis, da autoria de oito conhecidos escritores e ilustradores portugueses: Álvaro Magalhães, João Manuel Ribeiro, João Pedro Messeder, José Jorge Letria, Rosário Alçada Araújo e Vergílio Alberto Vieira, os escritores, Teresa Lares, Isabel Mata Graça, Pedro Emanuel Santos, Alexandre Reis, João Borges e Sandra Longras, os ilustradores.
A publicação deste livro resulta da série de projectos e eventos que a Casa do Regaço desenvolve no sentido de angariar fundos que permitam a sua sustentabilidade financeira. Tal como os escritores e ilustradores que abraçaram esta causa, venha também conhecer Histórias com Regaço e faça parte desta Casa que tem como missão proporcionar às crianças institucionalizadas a satisfação de todas as suas necessidades em condições de vida o mais aproximadas possível da estrutura familiar, fomentar a sua valorização pessoal e social, a sua segurança, saúde, educação, formação, assim como o seu desenvolvimento integral. A Casa do Regaço acolhe, actualmente, 23 crianças, de ambos os sexos, entre os 3 e os 19 anos.

9 comentários:

Hugo Correia disse...

Curiosa, Teresa, esta referência à Casa do Regaço, situada em Terroso, minha terra natal. O que sei da Casa do Regaço é pela minha mãe em conversas informais, mas pouco. Não estou, por isso, muito a par das dificuldades financeiras e das 'outras'...Imagino!!! Aqui tão perto...! Tentarei me informar melhor. Obrigado.

3za disse...

Que bom saber que estás e estarás (mais) perto... :)

Existente Instante disse...

Teresa, a minha Teresa foi há dois foi Educadora de alguns destes meninos em Terroso. Cheguei a receber um destes meninos em minha casa num fim-de-semana. Um trabalho fantástico o desta instituição.
Meninos extraordinários, sim, resistentes, que palmilham caminhos tortuosos, que não escolheram seguir.Muito Amor sim senhor no Regaço Poveiro, mas como Tu sabes...Só Amor não Basta.
E fico-me por aqui, porque a emoção começa a tratar de pedir meças...

Luisa moreira disse...

Passei por aqui para mostrar às minhas colegas do projecto (re)leitura o que de bom se produz neste blog.
Deparei-me com este post sobre o Regaço.
Em nome de toda a equipa que trabalha e apoia estes meninos agradeço à Teresa, e a quem comentou, o reforço positivo e interessado.
Lembro-me perfeitamente da educadora Teresa que levou o menino do Regaço no fim-de-semana. Já agora, o menino ganhou asas e voou... estará no bom caminho!
Aproveito também para vos convidar a visitarem a nossa Casa do Regaço.

3za disse...

Oh Luísa... Muito obrigada nós pelo facto de existir gente assim dedicada e entregue à causa de outros... neste caso dos mais frágeis e dos que mais precisam...
Anjos na terra a salvar outros Anjos... :)

3za disse...

Existente Instante... os fios vão-se cruzando... Que doçura....

vampiririnha disse...

Me disseram que o nome do livro foi escolhido pelo Prof. JMA.

Sofia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kiki disse...

Sou a Catarina, trabalho no Regaço e achei muito curioso o Hugo e o Regaço se terem cruzado neste blog, apesar de se encontrarem fisicamente tão perto!

Hugo, obrigada pela visita! Foi um prazer recebê-lo!