quinta-feira, setembro 09, 2010

Scratch: já na estrada...

Uma coisa é colocar as ideias no papel, reunir, definir, planear...
Outra é o timing e a necessidade das escolas... e a vontadinha de semear.

Claro que não podia resistir ao pedido da Ana Abreu (professora e minha colega formadora na ESE-IPS) para integrar o conjunto de seminários de formação em torno do Programa de Matemática, que têm vindo a fazer na EB 2,3 Dr António Augusto Louro. Não preciso de esperar que o projecto esteja todo delineado. Mãos na massa e aproveitemos este tempo para continuar a sementeira...

Lá fui eu...
E começo a ter repetentes nestas sessões onde sementes antigas estão já a germinar e prontinhas para ver a luz (no caso, três colegas desta escola que assistiram já à sessão prática que dinamizei com o Fred no Seminário final do PFCM da ESE IPS). O entusiasmo renovou-se e parece-me bem que terei de caminhar para a escolinha do Casal do Marco este ano... :)

Já havia acontecido o mesmo em Aveiro quando na minha sessão de dia 1 (preparada em Agosto) reencontrei colegas que estiveram no Scratch day e até um colega que trabalha com o Scratch... porque foi apanhado por uma "teia" aqui na internet... sem falar nos amigos de Aveiro, alunos da Professora Conceição Lopes (Univ) do Scratchando com o Sapo, que continuam a desenvolver um trabalho muito interessante!

Grão a grão... passo a passo...
As melhores coisas da vida demoram o seu tempo a chegar... o bebé que precisa de nove meses... a romã que se saboreia depois de tanto tempo a descascá-la, a sombra e o fruto da árvore grande que foi já pequeno rebento rente ao chão.
Não tenho pressa. Tenho tempo. E acredito nas pessoas. Têm sonhos como eu.
(O optimismo e a paciência são as melhores ferramentas do educador.)





(Fotos feitas pela Teresa Ramos... outra sonhadora da equipa da ESE que esteve presente para falar de pensamento algébrico.)

2 comentários:

Anónimo disse...

Lindas e trabalhadoras!!!! Com flores e tudo...
Beijinhos

AninhaR

3za disse...

:) :)