quarta-feira, setembro 18, 2013

Princípio 2:... nunca desviar o olhar, nem deixar de escutar... (a metáfora do golf?)


Aula 1 (7.º ano):

Ela estava sentada à minha frente. Grande, mesmo enorme, maior do que eu. Sorria enquanto eu me apresentava e os provocava com mil ideias. Diz-me de repente: A professora tem muita sorte! E eu: Sorte? Porquê? E ela: Porque eu estou a gostar da professora... E eu: E?... E ela: Nem queira saber o que acontece quando eu não gosto de um professor... E eu: Não quero saber não, porque eu quero mesmo é olhar para a frente, para o que vamos fazer juntos.Sim? E ela com um sorriso aberto: Sim!

O facebook, professora? Nem pergunte... estamos viciados... Explicaram. E eu falei um bocadinho sobre o assunto. Oh professora... e como se usa bem o facebook?  Respondi: Eu sei que estamos numa aula de ciências... mas depois combino com a vossa professora da disciplina de TIC e vamos trabalhar em conjunto no blogue, com o Scratch e perceber como o facebook (se não for uma distração) pode ser usado para partilhar o melhor do nosso trabalho... Sorrisos.

Sabe, professora. Esta foi assim a primeira aula de apresentação de que nais gostei esta semana, porque não foi só: abrir o manual e mais umas coisas e sumário e ir embora.

No final da aula um grupinho aproximou-se e percebi que ainda queriam conversar mais um bocadinho. Cães, gatos... És como eu, tu... Já estou a perceber... Colecionas animais perdidos e abandonados e já sabes imenso sobre eles. Depois outro aluno disse-me: Sabe que eu consigo fazer uma  máquina de algodão doce com uma parte da impressora? E que consigo com um telemóvel velho desmanchado fazer... e que... Eu entusiasmada (mesmo). Música para os meus ouvidos. Temos um engenheiro na turma!? Queres escrever sobre esses teus projetos para partilhares comigo e com a turma? E ele: pode ser, professora! (Aguardarei).

De vez em quando vou ao driving range do campo de Golf da Quinta do Peru... Ainda me falta muito para ter o swing perfeito. Tento seguir as instruções uma a uma, incorporá-las todas na mente e no corpo, mas não é fácil.
Todavia, há uma regra que se sobrepõe a todas as outras. Dizem-me constantemente: olha SEMPRE para a bola... NUNCA deixes de olhar para a bola ou não acertas nela... o resto vem com o tempo e a prática.
E sempre que o meu olhar se concentra nela, é todo dela sem distrações, se foca nela, se liga a ela com um fio invisível, mesmo adiando outras coisas importantes, não é que atinjo o alvo?


Impossível tocá-los sem olhar, sem escutar. Logo desde o primeiro dia do resto das nossas vidas, neste ano letivo e, quem sabe, noutros anos letivos, ou pela vida fora.






2 comentários:

Eduardo Martinho disse...

Princípio 2 coerente com o Princípio 1... Já tínhamos saudades destes teus relatos: Ficar com a alma lavada logo pela manhã é um enorme privilégio.
Talvez essa aluna mereça mesmo a "sorte" que teve...
Bjinhos
P&M

3za disse...

:)
Bjinhos