quinta-feira, janeiro 06, 2011

Gosto dos sons deles...



Regresso aos sons deles como quem vem de viagem sem esquecer a casa.
Parece tudo novo mas confortavelmente igual. E sabe bem. Sabe sempre bem.

A sua cadelinha está melhor? Já está livre de perigo? Já recuperou a sua carteira?
Tudo isto ainda na rua enquanto nos vamos encontrando entre a porta da entrada e a entrada para o bloco da sala de professores. Sim. Foi um final de ano complicado, mas a luz entrou pelo novo ano e tudo se parece compor agora em direcção à Primavera...

Mais à frente as meninas finalistas (9º ano) da minha querida Turbêturma mostram os aparelhos nos dentes e as cores que escolheram para os elásticos... Porquê? Porque querem ver a cor dos meus e comparar... rimos todas destes disparates muito "girlie" com sorrisos metálicos e coloridos e subo as escadas para o Clube...
Aparecem em peso os meus (8º ano) antigos GT Scratch (turma do mestrado). Altos , grandes, lindas e lindos... Dois dedos de conversa... Queria tanto ter-vos comigo no Scratch Day este ano... Será que vamos conseguir? Despedimo-nos entre beijos risos e abracinhos.

Lá dentro são os sons doces do costume... Porque ali podemos mesmo conversar muito e sobre tudo. Circulamos com liberdade e responsabilidade... e lá me pedem as canetas para ir até ao quadro estudar. Sim... (que professora esta!!!)... em vez de enviar TPC de férias avisei que iria voltar a fazer o teste diagnóstico do início do ano... mas desta vez... já não era (apenas) diagnóstico...
Estudaram nas férias e vinham preparados. Sem saber se eu mudaria ou não os valores nas questões. Não mudei. Mas deixei claro: ter boa nota não é nenhuma proeza... já conheciam o teste e sabiam a data de aplicação. Mas ter má nota... logo o R muito depressa: "é uma proeza mas muito negativa!"
Exacto...
Muito Bom quer dizer que se preocuparam... já desgraças... muito mau sinal.
Uns trabalham na Matemática, outros no Scratch. Os sons confundem-se. Habituaram-se que neste espaço podem fazer escolhas, definir as suas prioridades... e é neste espaço que ajudo alguns alunos com dificuldade. O B apareceu hoje pela primeira vez. Nem precisei de formalizar pedidos de apoio pedagógico. Diz aos teus pais que seria bom... as coisas não estão a correr bem e tu aqui podes estar comigo mais um bocadinho... entre exercícios e Scratch... acho que vais recuperar. E apareceu. Sem impressos, sem autorizações formais, só porque ele quer, quer a família e quero eu. E gostei muito de o ver por lá.

Hoje pela primeira vez desafiei-os a fazerem a entrada no blogue do Clube. Bonito escutá-los discutir as palavras exactas para escrever e trocar de lugar para que todos pudessem tocar no portátil da professora, onde a entrada foi redigida (na secretária!). As fotos registam esses momentos.

Gosto dos sons deles.
É um gosto que não passa com os anos, apenas se aperfeiçoa.
Falo menos agora. Escuto mais.
Passo mais decisões para as suas mãos. Confio mais.
Invisto na autonomia. Na libertação de mim.
Crescem melhor assim.

Mais depressa e muito melhor.




2 comentários:

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Estou com saudades do meu trabalho.... Sim, estou curtindo as férias, logo mais viajarei, mas ele me faz falta...
Estar entre meus pequenos, buscando soluções para as dificuldades que vão surgindo faz com que a minha vida tenha mais sabor, cor, e muito mais vidas...
Beijosss

3za disse...

Compreendo-te bem :) :)
Beijinhos